PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Vizinhos cuidam de lavoura após família contrair a Covid-19

Cotidiano

22 de janeiro de 2021 19:00

Da Redação


Relacionadas

Megaoperação contra crimes é deflagrada no Brasil

Projetos incentivam mulheres na odontologia

As melhores dicas sobre o jackpot online

Família real temia que pele de herdeiro fosse muito 'escura'
Quase mil pacientes esperam por leito para covid no PR
Paraná é o segundo maior produtor de batatas no Brasil
Governo prorroga prazo para regularização migratória de estrangeiros
Amigos e familiares pegaram na enxada e garantiram a limpeza da lavoura Foto: Arquivo Pessoal/Divulgação
PUBLICIDADE

Mutirão conseguiu limpar a área de plantação de fumo em poucas horas, enquanto agricultores se recuperavam da doença

Uma família de Orleans, no Sul de Santa Catarina, foi supreendida por vizinhos e amigos enquanto se recuperava do coronavírus. Um mutirão com 21 pessoas realizou a limpeza da lavoura de fumo, e em poucas horas a área ficou pronta para a nova plantação. Para o agricultor Augustinho Salvalagio, o gesto foi inesquecível.

"Muito grato a eles, não tem palavras para agradecer porque uma coisa assim é inesperado. Hoje em dia é tudo diferente, mas eles viram que precisava e vieram", comenta o produtor rural.

Augustinho ficou internado 12 dias no hospital para tratamento da Covid-19. A esposa Salete Boger Salvalagio e outras quatro pessoas que moram na mesma casa contraíram a doença. Os amigos viram a necessidade de se mobilizar e trouxeram o assunto em um grupo de WhatsApp.

"Eu estava impossibilitado de trabalhar, meus vizinhos viram que precisava limpar a lavoura. Minha família, filhos, nora, esposa, todos com essa doença, e eles combinaram em três para vir. No dia, apareceu 21 pessoas aqui", relembra.

Na ocasião, Augustinho já não estava mais hospitalizado, e continuava a recuperação em casa. O trabalho em conjunto foi tão efetivo que em menos de três horas a lavoura estava pronta. O encontro terminou com um bom café, com a terra preparada e com a alegria dos voluntários, como Luzia Ascari Salvalagio. "Eu acho que essa pandemia veio pra mostrar pra nós e pra todo mundo que, apesar do ser humano ser um homem super dotado de inteligência e de poder, são essas simples atitudes que podem fazer a diferença" disse

Leia matéria na integra no Portal NSC Total

PUBLICIDADE

Recomendados