PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Presidente do BB coloca cargo à disposição e gera disputa

Cotidiano

27 de fevereiro de 2021 14:46

Dhiego Tchmolo


Relacionadas

CCR RodoNorte reforça avanço e compromisso com prazos

STF forma maioria para anular condenações de Lula

Governo propõe salário mínimo de R$ 1.147 em 2022

Curitiba segue com bandeira laranja, mas amplia horários
368 mil doses de vacinas contra a covid-19 chegam ao PR
Sebrae/PR e Abrasel orientam restaurantes e bares
TSE prevê compra de 176 mil urnas eletrônicas para 2022
Banco citou que Brandão não pediu renúncia Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Apesar de não ter data para sair, Brandão é ‘fritado’ internamente e nomes começam a ser especulado

Apesar de ainda não sair do cargo, o atual presidente do Banco do Brasil, André Brandão, já deixou sua vaga à disposição em comunicado ao presidente da República Jair Bolsonaro. Isso gerou uma corrida política pela vaga. Brandão sinalizou “carta branca” para quem irá o substituir, após a falta de desentendimento com o chefe do Executivo federal.

Os bastidores ‘fritaram’ o atual presidente do BB, mesmo com Bolsonaro recebendo mensagens para manter o mandatário. O próprio banco citou que Brandão não pediu renúncia, e ainda não há data para ocorrer. Mesmo assim, alguns dos maiores grupos políticos da Esplanada já veem o cargo com bons olhos.

Os militarem desejam ver Antônio Barreto Junior, secretário-executivo do Ministério da Cidadania, no posto de Brandão – principalmente por ser funcionário de carreira do Banco do Brasil e ter atuado como secretário-executivo da Casa Civil. A equipe econômica tem como pretendente Gustavo Montezano, atual presidente do BNDES.

João Rabelo Júnior, vice-presidente de agronegócio e governo do BB e Paulo Henrique Costa, presidente do Banco de Brasília e favorito de integrantes do Centrão são outros nomes.

Com informações do Estadão.

PUBLICIDADE

Recomendados