PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Homem não paga combustível, apanha e é preso

Cotidiano

27 de fevereiro de 2021 17:01

Da Redação


Relacionadas

Projeto pune em até R$ 112 mil atos racistas em estádios

Projeto auxilia mulheres vítimas de violência no transporte

Transmissão do coronavírus volta a subir e secretário reforça estado de alerta no PR

Mortes por covid representam 52% dos óbitos em março
PR chega a quase um mês com taxa de transmissão em baixa
Campanha Solidária do BPAmb segue neste sábado em todo PR
PR sanciona lei de recursos para combate à pandemia
PUBLICIDADE

Caso aconteceu na última quinta-feira. Confira as imagens

Em Ipiranga, na madrugada dessa quinta-feira (25), um homem foi preso por lesão corporal em um posto de combustível. Informações dão conta que o suspeito abasteceu a quantia de R$ 30 reais e se recusou a pagar, alegando não ter dinheiro. A Polícia Militar foi acionada e, ao chegar no local, fez a abordagem, além da revista pessoal e no veículo.

Não encontrando nada de ilícito, após a revista, o condutor apresentou a quantia de R$ 175,00, pagando o combustível e pedindo uma garrafa de água ao frentista. Na sequência, informou que aguardaria no local para alguém buscar o veículo, pois o próprio suspeito apontou que não tinha condições de dirigir.

Diante dos fatos, a PM saiu do local, ficando nas proximidades para posteriores situações. Foi então que, logo na sequência, os policiais ouviram barulhos e gritos dentro da conveniência do posto, onde acabaram de atender a ocorrência.

Ao chegarem novamente no local, perceberam que o homem já estava imobilizado. O frentista informou a PM que, após a saída da equipe da conveniência, o suspeito ficou alterado, desferindo socos e dizendo que iria pegar uma pistola para matar os dois funcionários do posto.

O agressor teria, então, arrombado a porta após as vítimas se trancarem no interior do estabelecimento, além de quebrar uma prateleira de mármore, duas imagens religiosas e suporte de geladeiras de bebidas.

Confira, no player acima, o momento em que o suspeito é detido.

PUBLICIDADE

Recomendados