PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Compagas lança chamada para aquisição de gás natural

Cotidiano

02 de março de 2021 20:45

Da Redação


Relacionadas

Decreto inclui Correios em programa de desestatização

Ratinho disponibiliza R$ 500 milhões aos municípios

Jornalista perde pai, mãe e irmão vítimas de covid em 24h

'Futebol de Rua' promove campanha com apoio de artistas
Ratinho lamenta a morte do deputado José Schiavinato
Mega-sena sorteia hoje prêmio acumulado de R$33 milhões
Taxista morre no PR após colisão com caminhão e ônibus
Lançamento da CP22 – como é denominado o processo – ocorre em todas as distribuidoras de gás canalizado do Centro-Sul do Brasil Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Nova chamada visa contribuir com a abertura do mercado de gás natural no País

 

A Companhia Paranaense de Gás (Compagas) lançou nesta segunda-feira (01) uma nova chamada pública para aquisição de gás natural. O volume de contratação é de 500 metros cúbicos/dia para o período de 2022 e 2023 e de 950 metros cúbicos/dia a partir de 2024. 

A iniciativa visa contribuir com a abertura do mercado de gás natural no País através da diversificação de fontes e agentes supridores, buscando mais competitividade aos mercados cativos atendidos, mediante o impulso da concorrência na oferta de gás natural.

O lançamento da CP22 – como é denominado o processo – ocorre em todas as distribuidoras de gás canalizado do Centro-Sul do Brasil: Compagas, MSGÁS (Companhia de Gás do Estado de Mato Grosso do Sul), GasBrasiliano (Gas Brasiliano Distribuidora), SCGÁS (Companhia de Gás de Santa Catarina) e Sulgás (Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul), e contempla um volume total projetado em mais de 6 milhões de m³/dia até 2024, o que vem atraindo a atenção de novos agentes e potenciais supridores.

Este é o segundo processo lançado pelas distribuidoras em pouco mais de dois anos, com o objetivo de contribuir com a abertura de mercado de gás no País.

De acordo com a Compagas, ainda há barreiras relacionadas à regulação do transporte e também a outras etapas da cadeia de negócio que precisam ser superadas. “Com a primeira chamada pública foi possível uma aproximação com os agentes do mercado, aprofundar os estudos técnicos relacionados à contração do suprimento e identificar diversos desafios que impedem a evolução sustentável do mercado de gás - principalmente os ligados ao transporte e regulação do setor”, destaca o diretor-presidente da Compagas, Rafael Lamastra Júnior.

De acordo com ele, é necessária a implantação de mecanismos que proporcionem maior segurança jurídica e contratual para mitigar os riscos envolvidos nas operações para que seja possível ofertar ao mercado um fornecimento de gás em condições mais competitivas, e seguir para um mercado aberto no País.

O edital unificado e os respectivos termos de referência de cada distribuidora estão disponibilizados nos sites das empresas. Os termos são individualizados por companhia, porém todas as demais informações serão tratadas de forma coordenada entre as cinco concessionárias. 

Os documentos da Chamada Pública e o Termo de Referência da Compagas estão publicados em compagas.com.br.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br


Fonte: Agência de Notícias do Paraná

PUBLICIDADE

Recomendados