PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Governo autoriza abertura de restaurantes em estradas

Cotidiano

03 de março de 2021 15:50

Da Redação


Relacionadas

Após perder os pais, médica grávida morre da Covid-19

Mercado financeiro prevê inflação em 4,92% neste ano

Câmara do Rio desliga Dr. Jairinho de Comissão de Justiça

Coronavírus impulsiona uso de assinaturas digitais
Profissionais orientam como se manter saudável na pandemia
Inscrições para Programa Qualifica Mais estão reabertas
Mais 1,2 mil novos casos de covid são confirmados no PR
À esquerda Sandro Alex e à direita Diego Macedo. Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Permissão foi acrescentada por meio de decreto estadual nº 7.001, publicado nesta quarta (3) no Diário Oficial do Estado

O secretário de Estado da Infraestrutura e Logística (SEIL), Sandro Alex, informou, na manhã desta quarta-feira (03), o vereador Diego Macedo (PSD) que seu pedido foi atendido e publicado no Diário Oficial do Estado.

“Nos estabelecimentos localizados em rodovias fica autorizado o consumo no local pelos motoristas profissionais”, esse é o texto que foi acrescentado, por meio do decreto estadual nº 7001 publicado nesta quarta-feira (03) no Diário Oficial do Estado, no artigo 5º do decreto nº 6983, publicado na sexta-feira (26), que impôs uma série de restrições em todo o Estado para conter a disseminação da Covid-19.

Na terça-feira (02) o vereador Diego Macedo havia entrado em contato com o secretário da SEIL, Sandro Alex, com o pedido de dezenas de caminhoneiros que estavam parados em pátios de postos de combustíveis impedido de consumirem refeições dentro dos restaurantes. “Os últimos dias a situação estava mais crítica, com a chuva eles não podiam nem abrir direito a caixa de boia para preparar suas refeições. Agradecemos o secretário Sandro e o governador Ratinho que se solidarizam com a situação e prontamente atenderam essa reivindicação”, agradeceu Macedo.

O secretário Sandro Alex pede que a população compreenda a necessidade de que esses estabelecimentos permaneçam abertos, a medida é para manter em funcionamento o transporte de cargas no estado, que é um serviço essencial.

Informações: Assessoria de Imprensa.

PUBLICIDADE

Recomendados