PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

PDT pedirá na Justiça a interdição de Jair Bolsonaro

Cotidiano

05 de março de 2021 15:07

Da Redação


Relacionadas

Coronavírus impulsiona uso de assinaturas digitais

Profissionais orientam como se manter saudável na pandemia

Inscrições para Programa Qualifica Mais estão reabertas

Mais 1,2 mil novos casos de covid são confirmados no PR
Setor energético terá investimentos de R$ 3 tri até 2030
Caixa paga auxílio emergencial a nascidos em junho
Brasil terá em maio 4 milhões de doses do Covax Facility
Carlos Lupi, anunciou, nesta sexta-feira (5), que o partido solicitará, na Justiça, a interdição de Jair Bolsonaro Foto: Leo-Motta-JC
PUBLICIDADE

Objetivo é impedir as ações negacionistas que multiplicam as mortes por Covid-19

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, anunciou, nesta sexta-feira (5), que o partido solicitará, na Justiça, a interdição de Jair Bolsonaro. Na medida, o partido alegará a sua incapacidade para seguir no cargo de presidente da República. Como provas, as omissões e ineficiências do chefe do Executivo no combate à pandemia do coronavírus, que já matou mais de 260 mil pessoas no Brasil.

“Nós já fizemos de tudo. Estamos na Corte de Haia contra ele por esse crime contra a humanidade, no Supremo Tribunal Federal e, agora, eu vou pedir ao nosso jurídico para fazer a interdição”, explica, ao acrescentar: “Eu acho que ele é louco e precisa ser interditado antes que mais brasileiros morram por sua loucura.”

Para Lupi, o volume de mortes de Covid-19, desde o começo de 2020, foi diretamente potencializado por Bolsonaro, que confronta diretrizes científicas a partir de ações negacionistas. O pedetista destaca ainda, como exemplo, o atraso do plano nacional de imunização.

“Realmente, para nossa tristeza e infelicidade, mais de 260 mil brasileiros perderam a vida para uma pandemia diabólica, incontrolável e, principalmente, pela corresponsabilidade do senhor Jair Bolsonaro”, afirmou.

“O presidente da República é o maior mandatário da nação. É o responsável pela nação brasileira e desconheceu a medicina e as recomendações médicas, incentivou a aglomeração pessoalmente, não usa máscara, já pegou o Covid e continua dizendo que é uma ‘gripinha”, completou.


Com informações do dite do PDT

 

PUBLICIDADE

Recomendados