PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Vacinas e ações de combate à covid melhoram índices no PR

Cotidiano

04 de abril de 2021 16:30

Agência Estadual de Notícias


Relacionadas

Homem mata a própria mãe a facadas em Realengo, no Rio

PF investiga venda de dados sigilosos de clientes da Caixa

PR aprova projeto de auxílio emergencial para empresas

IAT alerta para preservação de tubarões ameaçados de extinção
Em dois dias, três empresas anunciam investimentos no PR
Vinte e cinco pessoas morrem em operação policial no Rio
Governador autoriza promoção e diária extrajornada para PMs
Secretário de Saúde do Estado do Paraná, Beto Preto. Foto: Geraldo Bubniak/AEN
PUBLICIDADE

Segundo Beto Preto, o Paraná tem capacidade instalada para imunizar cerca de 150 mil pessoas por dia, com estruturas completas e equipes qualificadas e preparadas

Com o avanço da vacinação contra a covid-19 e a aplicação das medidas restritivas, em vigor até o dia 15 de abril, o Paraná já observa resultados positivos. Em visita ao Centro de Imunização da Zona Norte, em Londrina, na manhã deste domingo (4), o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, comentou sobre a melhoria de indicadores. “Um exemplo é o número de testes com resultados positivos para a covid-19, que chegou a bater em 48% e que hoje está em 28%. Isso nos dá confiança de que estamos no caminho certo neste enfrentamento”, disse.

Beto Preto destacou a campanha estadual de imunização de domingo a domingo como uma das estratégias do governo para acelerar a vacinação em todo o Estado e agradeceu aos profissionais de saúde que trabalharam no domingo de Páscoa para imunizar mais paranaenses.

“O objetivo é ampliar as possibilidades para que o cidadão receba a dose. Para isso, contamos com a adesão de todos os municípios, conforme o exemplo que vemos hoje aqui em Londrina, que deve vacinar neste domingo de Páscoa cerca de 1.900 pessoas. Deixo aqui um agradecimento especial aos profissionais de saúde”, afirmou.

Sem vacinas paradas

O secretário reafirmou, ainda, a orientação para que as vacinas não fiquem estocadas. “Recomendamos aos prefeitos e secretários municipais de saúde que gastem todas as remessas enviadas pelo Estado. Não deixem vacinas paradas”, afirmou.

Segundo Beto Preto, o Paraná tem capacidade instalada para imunizar cerca de 150 mil pessoas por dia, com estruturas completas e equipes qualificadas e preparadas.

O secretário municipal de Saúde de Londrina, Felippe Machado, disse que o município realiza ações que visam ampliar a vacinação. “Além da imunização de domingo a domingo, também promovemos a aplicação das doses no período da noite, atendendo o público que trabalha em horário comercial. Nosso desejo é dar celeridade ao processo de imunização”, explicou.

Dados do município de Londrina apontam que 70 mil pessoas já foram vacinadas com a primeira dose e 20 mil com a segunda dose.

Informações: Agência Estadual de Notícias do Paraná.

PUBLICIDADE

Recomendados