PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Quando serei vacinado? Site estima data para 1ª dose

Cotidiano

11 de abril de 2021 15:56

Da Redação


Relacionadas

Tribunal do Júri condena Manvailer a 31 anos de prisão

Pacientes pós covid recebem tratamento especializado

Centro de Equoterapia da PM já atendeu mais de 5 mil famílias

Sorteios do Nota Paraná e Paraná Pay acontecem terça
Agência do Trabalhador registra melhor abril em sete anos
Homem morre após ser baleado por policial durante assalto
Duzentos colégios retornaram às aulas presenciais no PR
Dados baseiam-se no ritmo médio de vacinação e na população local dividida por idade Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Dados baseiam-se no ritmo médio de vacinação e na população local dividida por idade

A vacinação contra a Covid-19 é tida como a principal maneira de reduzir o número de mortes provocadas pela infecção do novo coronavírus e acabar com a pandemia. Mas até lá existe um longo caminho, que inclui a disponibilidade de doses suficientes para imunizar as populações de todo o mundo.

Pensando em dar uma luz para os brasileiros que aguardam a vez de ir até o posto de saúde e segurar um pouco a ansiedade, o profissional da área de tecnologia Renan Altendorf desenvolveu o site Quando vou ser vacinado (clique aqui e veja a previsão). A ferramenta faz cálculos baseados na média de vacinação de cada estado nos últimos sete dias, com dados coletados diariamente pelo Coronavírus Brasil.

As informações são combinadas com a projeção da população brasileira e o recorte dos estados por idade disponibilizados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Assim, para descobrir quando será vacinado, basta informar a idade e o estado de residência.

Pela projeção, um adulto de 30 anos que não se enquadre nos grupos prioritários demoraria um ano, 10 meses e 26 dias para ser vacinado no Distrito Federal, por exemplo. Caso se encaixasse em um dos perfis paritários do Plano Nacional de Imunização (PNI), esse mesmo adultos poderia receber a primeira dose de uma vacina em um mês e oito dias.

O cálculo para os grupos prioritários leva em consideração a estratégia da Campanha Nacional de Vacinação contra gripe (influenza/H1N1) de 2020, disponibilizado pelo DataSUS.


Fluxo de doses

Tarcísio Marciano Rocha Filho, professor do Núcleo de Altos Estudos Estratégicos para o Desenvolvimento-CIFMC e Instituto de Física/UnB pondera que a estimativa faz sentido se o fluxo de doses for mantido constante, “o que é pouco provável”, em sua opinião, porque não temos a garantia de estoque dos próximos meses.

“Vamos acabar produzindo (vacinas) no Brasil. Aí vai andar mais rápido. Só que até lá, vai morrer muita gente”, afirma. O desenvolvedor do site explica que as previsões podem mudar diariamente e estão suscetíveis a mudanças de regras e leis da federação, estados e cidades. Além disso, alguns municípios podem ter datas de vacinação diferentes dos estados.


Com informações do Metrópoles

PUBLICIDADE

Recomendados