PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Câmara do Rio desliga Dr. Jairinho de Comissão de Justiça

Cotidiano

19 de abril de 2021 08:20

Da Redação


Relacionadas

NF de combustíveis dobra chances no Nota Paraná

Bolsonaro nomeia Cida para o Conselho de Itaipu

PR recebe mais 242 mil doses de vacinas contra Covid-19

Carlos Bolsonaro acusa Juliette de fazer gesto supremacista branco
Cuidados com a saúde bucal precisam ser redobrados
Senai PR oferece mais de 11 mil vagas em cursos técnicos
Auxílio para MEIs segue para sanção de Ratinho Jr
Parlamentar é suspeito da morte do menino Henry Foto: Agência Brasil
PUBLICIDADE

Parlamentar é suspeito da morte do menino Henry 

O vereador Jairo Souza Santos Jr., o Dr. Jairinho, suspeito da morte do menino Henry Borel, de 4 anos, foi desligado da Comissão de Justiça e Redação da Câmara Municipal do Rio de Janeiro. A decisão, do presidente da Casa, Carlo Caiado, foi publicada na edição de hoje (19) do Diário Oficial da Câmara.

A justificativa usada por Caiado para desligar o parlamentar foi a expulsão de Dr. Jairinho dos quadros do Partido Solidariedade (SD). Jairinho foi expulso do SD depois de ter sido preso pela Polícia Civil, há duas semanas, suspeito de matar seu enteado, o menino Henry, no início de março. Outra suspeita da morte, a mãe da criança, Monique Medeiros, namorada do parlamentar, também foi presa.

PUBLICIDADE

Recomendados