PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

BRF destina R$ 292 mi para modernização de fábricas no PR

Cotidiano

04 de maio de 2021 19:37

Agência Estadual de Notícias


Relacionadas

Jovem morre ao tentar impedir namorado bêbado de dirigir

Seminário online gratuito debate inclusão digital

Paraná confirma mais 6.184 casos e 270 óbitos pela Covid

Apaes devem alterar estatutos para movimentar recursos
Falsa enfermeira é presa no PR com vacina contra covid-19
Começa a valer a nova política de privacidade do WhatsApp
Pesquisadores alertam para riscos de exposição a telas
Foto: Jonathan Campos/AEN
PUBLICIDADE

Montante será aplicado na modernização de seis unidades industriais da empresas até 2022

A empresa de alimentos BRF anunciou nesta terça-feira (4) um investimento de R$ 292 milhões para ampliação das suas unidades no Paraná. O valor deve ser aplicado até 2022 e abrange as unidades industriais de Toledo, Ponta Grossa, Dois Vizinhos, Francisco Beltrão, Carambeí e Paranaguá. O anúncio foi feito durante reunião do governador Carlos Massa Ratinho Junior com o CEO da BRF, Lorival Luz.

“Para nós é motivo de muito orgulho ter a BRF no Paraná, uma empresa que vem ao encontro da vocação do nosso Estado, que é produzir alimentos”, disse o governador. “Essa vocação é extremamente importante para a sobrevivência do planeta, e nós queremos cada vez mais avançar tecnicamente e facilitar a vida de quem produz alimento e o faz de forma sustentável”.

Lorival Luz reforçou a relevância do Paraná para a empresa como um todo. “Geramos 18,5 mil empregos diretos e contamos com cerca de 2 mil produtores integrados. Queremos proporcionar a geração de mais oportunidades, avançando na nossa agenda de crescimento e seguindo nosso propósito de levar vida melhor a todos com integridade, segurança e qualidade”, afirmou o CEO da empresa.


Produção de Perus

Entre os investimentos anunciados pela empresa está a retomada da produção de perus na unidade de Francisco Beltrão, na região Sudoeste, que deve gerar mais de 400 empregos diretos. A modernização e ampliação da planta - que, hoje, é voltada principalmente à produção de frangos - inclui a integração de mais 200 aviários, além de investimentos na fábrica de rações e no incubatório.

O início da produção está previsto para novembro. A estimativa é produzir 7,5 mil aves por dia na unidade, a partir do segundo trimestre de 2022. A planta recebeu uma autorização para exportar a proteína ao México. A habilitação, concedida em março, foi viabilizada por meio de uma auditoria, realizada por na fábrica via videoconferência por autoridades do governo mexicano, que inspecionaram todas as etapas de produção da ave.

“Ficamos felizes com essa notícia porque voltamos a ter essa alternativa na produção de proteínas no Paraná voltada não apenas para consumo interno, mas também visando o mercado externo. Isso permite que agricultores tenham nova fonte de renda e que o Estado, como economia, tenha a produção de mais uma proteína diferenciada”, endossou Norberto Ortigara, secretário estadual da Agricultura e do Abastecimento.


Empresa

A BRF é uma das maiores produtoras de alimentos do mundo, abarcando marcas como Sadia, Perdigão e Qualy. Presente em mais de 130 países, possui mais de 100 mil colaboradores diretos.

No Paraná, além das seis unidades industriais e do centro administrativo, a empresa também possui um Centro de Distribuição em Londrina. Entre os produtos fabricados no Estado estão cortes de frangos (como peito, coração, coxa e sobrecoxa, steak e nuggets), de suínos (linguiça, apresuntado, bacon), margarinas, lasanhas, tortas, pizzas e sobremesas.

PUBLICIDADE

Recomendados