PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Veja quem são as vítimas do atentado em creche de SC

Cotidiano

04 de maio de 2021 20:33

Da Redação


Relacionadas

Jovem morre ao tentar impedir namorado bêbado de dirigir

Seminário online gratuito debate inclusão digital

Paraná confirma mais 6.184 casos e 270 óbitos pela Covid

Apaes devem alterar estatutos para movimentar recursos
Falsa enfermeira é presa no PR com vacina contra covid-19
Começa a valer a nova política de privacidade do WhatsApp
Pesquisadores alertam para riscos de exposição a telas
Keli Adriane Aniecevski e Mirla Renner foram assassinadas em um creche infantil de Saudades (SC) Foto: Reprodução Facebook
PUBLICIDADE

Duas funcionárias e três crianças foram mortas a facadas na manhã desta terça-feira (4) em Saudades, no Oeste de Santa Catarina

Nesta terça-feira (4), um jovem de 18 anos foi até a creche Pró-Infância Aquarela, no centro da cidade, de bicicleta, por volta das 10h. Ao entrar na creche, ele começou a atacar uma professora de 30 anos que, mesmo ferida, correu para uma sala onde estavam quatro crianças e uma funcionária da escola, na tentativa de alertar sobre o perigo. O rapaz, então, teria atacado as crianças que estavam na sala e a funcionária da escola. Duas meninas de menos de dois anos e a professora morreram no local. Outra criança e a funcionária morreram no hospital. 

Uma das vítimas, a professora Keli Adriane Aniecevski, de 30 anos, que trabalhava na Creche há mais de 10 anos, segundo informações de familiares. "Ela era uma pessoa alegre, sempre disposta, simpática, carismática sempre, ajudando o próximo quando ela podia. Então, assim, é uma tristeza que eu não sei explicar, eu não tenho explicação para isso", disse Silvane Elfel, prima da educadora em entrevista no portal G1.

A estudante da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), Mirla Amanda Renner Costa, de 20 anos, foi outra vítima nesta manhã. Ela cursava o quarto semestre da graduação em engenharia química no Centro de Educação Superior do Oeste, em Pinhalzinho, cidade vizinha a Saudades.

PUBLICIDADE

Recomendados