PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Técnica comenta sobre as polêmicas da CBF

Cotidiano

10 de junho de 2021 15:00

Da Redação


Relacionadas

Lázaro Barbosa não fugiu para o Paraná

PR e Banco Mundial alinham linha de crédito de R$ 654 mi

Bolsonaro surta, tira máscara e manda mulher calar a boca

Juliette canta música em novo filme de Bohemia
Secretário sofre edema pulmonar e vai parar na UTI
Queiroga anuncia chegada de 1,5 mi de vacinas da Janssen
Vídeo mostra como vai ficar a nova orla de Matinhos
“É muito sério”, afirma Pia Sundhage sobre escândalo de assédio sexual na CBF Foto: Lucas Figueiredo/CBF
PUBLICIDADE

"É muito sério". treinadora da Seleção Feminina mostrou preocupação com a influência do episódio na preparação para as Olimpíadas

A técnica da seleção brasileira feminina, a sueca Pia Sundhage, classificou como “muito sério” o caso de assédio sexual e moral envolvendo o presidente da CBF Rogério Caboclo. Uma funcionária da entidade protocolou uma denúncia na última sexta-feira (04) , o que motivou o afastamento do dirigente por 30 dias pelo Conselho de Ética da entidade.

“É muito sério. Eu gostaria de poder explicar isso em sueco, já que inglês não é a minha língua materna, e nesse caso as palavras são muito importantes. Você pode ter sua opinião pessoal, conversamos com as atletas, informamos as atletas, todas têm opinião. E cada uma de nós tem que ter responsabilidade sobre as suas respostas”, afirmou a treinadora

As declarações foram dadas em entrevista em San Pedro del Pinar, na Espanha, na véspera do amistoso da seleção contra a Rússia, que será realizado em Cartagena nesta sexta-feira (11). Esta foi a primeira entrevista organizada pela CBF nesta semana de preparação para os amistosos. Apenas a técnica participou. As jogadoras da seleção não se pronunciaram publicamente sobre o caso desde o início dos treinos na Espanha, na terça-feira.

A treinadora também mostrou preocupação com a influência do episódio na preparação para as Olimpíadas. “Estamos nos aproximando das Olimpíadas. Fomos um pouco abarrotadas por toda essa situação, e acho que é importante voltarmos o foco para o campo”, afirmou a treinadora.

Na próxima segunda-feira, a equipe brasileira joga contra o Canadá, também em Cartagena. Esta é a última Data Fifa antes da disputa dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020.


Por Banda B

PUBLICIDADE

Recomendados