PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Réu devolve mais de R$ 1 mi em leilão da ‘Quadro Negro’

Cotidiano

15 de junho de 2021 15:00

Da Redação


Relacionadas

Mega-Sena pode pagar R$ 7 mi no sorteio deste sábado

Paraná já imunizou mais de 2 milhões de pessoas contra a covid-19

Anvisa suspende estudos clínicos da Covaxin no Brasil

Escolas do Paraná podem ter ensino obrigatório de espanhol
Casa do Artesão realiza evento do Dia da Avó
Polícia prende líderes de igreja envolvidos em trabalho escravo
Alep recebeu mais de 1 mil denúncias sobre a vacinação
Operação é uma investigação do Ministério Público do Paraná. Foto: Geraldo Bubniak
PUBLICIDADE

O valor foi arrecadado a partir do arremate de bens de um dos réus da Operação Quadro Negro, investigação do Ministério Público do Paraná sobre desvios de recursos destinados a construções e reformas de escolas públicas no Paraná

Leilão realizado na última segunda-feira (14) resultará na destinação de aproximadamente R$ 1,15 milhão aos cofres públicos do Estado do Paraná. O valor foi arrecadado a partir do arremate de bens de um dos réus da Operação Quadro Negro, investigação do Ministério Público do Paraná sobre desvios de recursos destinados a construções e reformas de escolas públicas no Paraná. A entrega dos bens constou de acordo de colaboração premiada firmado pelo réu – que na época dos fatos apurados era diretor da Secretaria Estadual de Educação – com o MPPR.

O valor foi alcançado com o leilão de um imóvel – apartamento localizado no bairro Cabral, em Curitiba, no valor de R$ 1,1 milhão – e de um veículo, cotado por R$ 55,5 mil. Outros bens do réu, entre eles um imóvel rural situado no município de Atalaia do Norte (AM) e outro veículo, ainda serão leiloados e os valores posteriormente destinados ao erário. Ao final da venda de todos os bens, pretende-se alcançar cifra superior a R$ 5 milhões, valor fixado no acordo de colaboração – homologado pela Justiça – a título de reparação do dano causado e multa penal.

O ex-diretor do órgão estadual responde pelos crimes de corrupção passiva, fraude a licitação e organização criminosa. O processo tramita na 9ª Vara Criminal de Curitiba.

Autos do processo de alienação dos bens: 0018331-09.2019.8.16.0013.

Informações: MPPR.


Assuntos semelhantes:

Alep buscará informações sobre a Operação Quadro Negro.

MP denuncia mais duas pessoas na Operação 'Quadro Negro'.

Justiça manda retomar processos da 'Quadro Negro'.

PUBLICIDADE

Recomendados