PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Escolas do Paraná pedem maior número de alunos em sala

Cotidiano

26 de julho de 2021 13:53

Da Redação


Relacionadas

MTST ocupa prédio da bolsa de valores em SP

Cão caramelo pula para pegar bola e dá voadora em homem

PRF fará leilão de 75 veículos conservados em pátios

Fiep realiza encontro de empresários do setor
Senadores batem boca e trocam xingamentos na CPI
Paraná reforça cuidados com animais silvestres
Luciano Hang deve depor em CPI da Covid na quarta
Sindicato envia solicitação à Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Sindicato enviou uma solicitação à Secretaria Estadual de Saúde (Sesa)

As escolas particulares do Paraná, via sindicato da classe, encaminhou à Secretaria da Saúde do Paraná (Sesa) uma solicitação para que o espaçamento entre os estudantes possa ser de 1 metro nas salas de aula. O pedido é embasado no atual período pandêmico e na necessidade da retomada do ensino presencial por um maior número de estudantes. Atualmente, o distanciamento estabelecido pela Sesa é de 1,5 metro entre alunos.

“Educação é essencial e temos um longo caminho para retomar tudo o que foi perdido devido aos obstáculos impostos pela pandemia”, explica Douglas Oliani, presidente do Sindicado dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do Estado do Paraná (Sinepe-PR). No oficio, que foi encaminhado à secretaria de saúde na última quinta-feira (22), ele relembra que há diversos estudos que apontam os estabelecimentos educacionais como sendo de grande segurança sanitária, por seguirem rígidos controles e ostensiva fiscalização dos protocolos para o desenvolvimento de suas atividades.

Ainda de acordo com o presidente, a necessidade de ampliar, ou em alguns casos fornecer o atendimento presencial, vem atender às necessidades das famílias, estudantes e autoridades mundiais como a Unicef e OMS, além de nacionais, como o Ministério da Educação. “Precisamos atuar de forma a minimizar as mazelas sociais e psicológicas dos estudantes por conta do longo período longe do ambiente escolar”, pondera Oliani.

Com informações do Portal Banda B. Leia mais aqui

PUBLICIDADE

Recomendados