PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

PRF apreende três toneladas de maconha no interior do estado

Cotidiano

26 de julho de 2021 21:00

Da Redação


Relacionadas

Paraná tem mais 2 mil casos e 50 óbitos por covid

Ninguém acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 10 mi

Presidente Bolsonaro testa negativo para a covid-19

Primavera é marcada pela manifestação de alergias
Venda de imóvel de programa habitacional é proibida
Confiança do industrial no Paraná cai em setembro
Tiroteio em Curitiba resulta em suspeito morto e dois presos
Com essa apreensão, a Polícia Rodoviária Federal atingiu a marca de 46,8 toneladas de maconha apreendidas no Paraná em 2021 Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Com essa apreensão, a Polícia Rodoviária Federal atingiu a marca de 46,8 toneladas de maconha apreendidas no Paraná em 2021

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 3 toneladas de maconha na manhã desta segunda (26), em Igaraçu, no interior do Paraná. O motorista, que foi detido, disse ter pego a droga em Mundo Novo (MS) e levaria para Luziania (GO).

Por volta das 10 horas, policiais rodoviários federais abordaram um motorista de 41 anos, que conduzia um caminhão. Aos policiais, ele apresentou um documento do caminhão com indícios de adulteração. A suspeita foi confirmada quando verificaram que as placas não conferiam com o documento. Ao entrarem na cabine, encontraram dois jogos de placas de identificação, que seriam utilizadas para ludibriar fiscalizações policiais ao longo das rodovias.

Em vistoria no compartimento de carga, sob uma lona, os policiais encontraram diversos tabletes de maconha, que, após a pesagem, totalizaram 3 toneladas da droga. As autoridades também descobriram que o caminhão havia sido roubado em São Paulo (SP), em fevereiro deste ano. Diante dos fatos, o motorista foi detido e conduzido até a Polícia Federal para o registro dos crimes de tráfico de drogas, receptação de veículo roubado e uso de documento falsificado.

Com essa apreensão, a PRF no Paraná atingiu a marca de 46,8 toneladas de maconha apreendidas em 2021, gerando, com isso, um prejuízo de aproximadamente R$ 50 milhões ao crime organizado.

PUBLICIDADE

Recomendados