PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Homem é preso por não aceitar demissão e destruir loja no PR

Cotidiano

03 de agosto de 2021 11:00

Da Redação


Relacionadas

PL garante inscrição gratuita no Enem a aluno da rede pública

Família tem palavra final na doação de órgãos

PF apreende 329 kg de cocaína em exportadora de Paranaguá

Radialista é morto a tiros em tentativa de assalto em Ubiratã
Confira receitas práticas e rápidas para rotina de home office
Castro é a cidade anfitriã da segunda etapa do Rally PR
Toque de recolher termina e bebidas são liberadas no PR
Caso aconteceu na cidade de Medianeira Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Ex-funcionário havia cumprido o período de experiência, mas foi demitido após algumas faltas sem justificativas

Um ex-funcionário não aceitou a demissão e foi preso nesta segunda-feira (02), depois de invadir com um carro a loja onde trabalhava em Medianeira. De acordo com informações repassadas à reportagem, o ex-funcionário havia cumprido o período de experiência, mas foi demitido após algumas faltas sem justificativas e de acordo com o proprietário do estabelecimento comercial, Rafael Cassios, enquanto estava trabalhando, nunca demonstrou ser agressivo.

No momento da batida, clientes e funcionários estavam dentro do comércio, mas ninguém se feriu. "Ele disse por telefone que não ia fazer o exame demissional, mas foi uma conversa tranquila. Temos tudo gravado. Ninguém achou que ele podia vir aqui e fazer algo. Ele chegou ameaçando todo mundo", contou o comerciante.

Segundo o delegado Denis Zortea Merino, o homem foi preso suspeito de causar dano, resistência a ordem de prisão e por fugir do local após bater o veículo na loja. O delegado explicou que um policial tentou prender o suspeito após a batida, mas ele não respeitou e fugiu.

"Tinha um policial militar de folga, que mora nas proximidades, que verificou toda a situação. No momento, tentou dar voz de abordagem para que ele parasse, logo após ele ter quebrado tudo, mas ele não obedeceu e fez uma ameaça ao policial. O policial tentou atirar no pneu do suspeito e ele empreendeu fuga."

Na sequência, a polícia militar foi até a casa do suspeito onde acabou detido sem apresentar resistência.

Com informações da Catve.com

PUBLICIDADE

Recomendados