PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Alep aprova modernização da Controladoria-Geral do PR

Cotidiano

01 de setembro de 2021 16:01

Rodolpho Bowens


Relacionadas

Justiça proíbe empresa de SC a dar ivermectina a funcionários

Polícia Federal faz operação contra a Precisa Medicamentos

MEC estuda criação da primeira universidade federal digital

Trabalhadores nascidos em novembro podem sacar auxílio
Artista Uilson Paiva lança novo single nesta sexta-feira
PR propõe programa de ajuda a famílias vulneráveis
UEPG e Secc-PR disponibilizam bolsas de qualificação
Deputado estadual Hussein Bakri (PSD). Foto: Divulgação.
PUBLICIDADE

Projeto visa a garantir mais transparência e controle sobre os gastos públicos estaduais; proposta segue para sanção do Governo Estadual

Por unanimidade, a Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) aprovou, na manhã desta quarta-feira (1º), projeto de lei que vai garantir mais transparência e controle sobre os gastos públicos estaduais por meio da modernização da Controladoria-Geral do Estado (CGE).

A proposta, que agora segue para sanção governamental, autoriza o Poder Executivo a financiar R$ 46,3 milhões junto ao BNDES.

Ao integrar sistemas, melhorar processos de auditoria e controle interno e implantar novas tecnologias, a CGE vai ampliar a segurança dos pagamentos de despesas públicas, aumentar o combate a fraudes e diminuir risco de falhas humanas, e assegurar mais acesso de informação ao cidadão com o desenvolvimento do novo Portal da Transparência. "Esses investimentos vão permitir a detecção de falhas ou desvios em procedimentos licitatórios praticamente de forma automática, o que potencializa o impacto das políticas públicas lá na ponta e melhora muito o ambiente de negócios no Estado”, ressaltou o deputado estadual Hussein Bakri (PSD), Líder do Governo na Assembleia.

O destaque do novo projeto da CGE será a implementação do programa Harpia, plataforma que vai integrar diferentes sistemas e dar suporte aos processos de compras do Estado.

O sistema permitirá o rastreamento de todas as etapas de compras, registrando o responsável por cada decisão dentro da administração estadual, automatizando o processo e diminuindo o risco de falhas humanas.

Com informações: Assessoria de Imprensa.

PUBLICIDADE

Recomendados