PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

PM apreende pasta de cocaína avaliada em R$ 7 milhões

Cotidiano

18 de setembro de 2021 15:50

Rodolpho Bowens


Relacionadas

CPI da Pandemia atribui nove crimes a Bolsonaro

Starbucks inaugura primeira unidade em Curitiba

Pintor sofre queda de 6 metros, bate a cabeça e morre

Como combater o bullying? Existe uma solução possível?
Renan Calheiros faz leitura do relatório da CPI da Pandemia
Irlandês fica com a cabeça presa em mala ao esperar voo
Cliente encontra cigarros em cachorro-quente no Paraná
Pasta base de cocaína estava em um caminhão, dentro de malas de viagem. Foto: Divulgação/PMPR.
PUBLICIDADE

Droga foi apreendida no Porto de Paranaguá e seria enviada para o exterior; ação só foi possível por conta de denúncias anônimas

A Ronda Ostensiva Tático Móvel (ROTAM) do 9° Batalhão da Polícia Militar (9°BPM) apreendeu, na madrugada deste sábado (18), 274 quilos de pasta base de cocaína em um caminhão que estava na fila para acesso ao Porto de Paranaguá. A PM estima o valor da droga em cerca de R$ 7 milhões. A interceptação do tráfico internacional foi possível graças a denúncias anônimas.

Segundo as informações do comandante de Policiamento da Unidade (CPU) do 9°BPM, aspirante Vinicius Szlanda, uma denúncia repassada ao Setor de Inteligência do Batalhão apontava que uma grande quantidade de cocaína estaria em um caminhão que iria descarregar no Terminal de Contêineres do Porto. A partir disso, as ações de inteligência começaram a atuar até que o caminhão fosse abordado com apoio da ROTAM.

Tráfico Internacional

"Os policiais militares acompanharam a carreta e viram que entrou na fila para acessar o terminal e solicitaram apoio da ROTAM para efetuar a abordagem. Com certeza a droga seria enviada a algum outro país já que estava na fila do Porto", disse o aspirante.

A droga estava em sete malas de viagem dentro da cabine do caminhão. De acordo com o Comandante da ROTAM, tenente Guilherme Stelle, os policiais militares se aproximaram do veículo para fazer a abordagem em momento oportuno. "Quando os policiais retiraram as malas é que verificamos a grande quantidade de pasta base que seria levada para o exterior", detalha.

Com informações: Agência Estadual de Notícias.

PUBLICIDADE

Recomendados