PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Saúde vai abolir intervalo da vacina contra covid-19 e gripe

Cotidiano

29 de setembro de 2021 17:00

Da Redação


Relacionadas

Homem é preso por maus-tratos a cachorros no Paraná

Novo lote de vacinas pediátricas deve chegar hoje

Queiroga diz que cloroquina não tem comprovação científica

Homem sai comprar pão e é morto em Almirante Tamandaré
Operação mira suspeitos de tráfico e homicídio em Irati
Estado reativa 310 leitos para Covid-19 e gripe H3N2
Carro derruba muro e quase atinge bebês na piscina
A informação foi confirmada pelo ministro Marcelo Queiroga Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

A informação foi confirmada pelo ministro Marcelo Queiroga

O Ministério da Saúde recomendou a suspensão do intervalo entre a aplicação das vacinas contra a covid-19 e contra o vírus Influenza, causador da gripe. A informação foi confirmada pelo titular da pasta, Marcelo Queiroga, em rede social.

“Proteção em dose dupla: a nova recomendaçao do @minsaude retira o intervalo entre as vacinas da influenza e da #Covid19. A vacina da gripe pode ser aplicada a partir dos 6 meses de vida. Toda população pode ir a um posto de saúde e garantir sua imunização contra a gripe!, disse Queiroga por meio de sua conta no Twitter. 

O ministro não informou quando a nova recomendação vai começar a valer. A decisão foi tomada após reunião da Câmara Técnica de Assessoramento em Imunização (CTAI) que recomendou ao Ministério da Saúde o fim do prazo mínimo para a aplicação entre as vacinas, com o objetivo de aumentar a vacinação contra as duas doenças.

Atualmente, o Programa Nacional de Imunização (PNI), diz que o intervalo entre a vacinação contra a covid-19 e o do imunizante contra a Influenza deve ser de no mínimo 14 dias. O intervalo também vale para as outras vacinas do Calendário Nacional de Vacinação.

PUBLICIDADE

Recomendados