PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Cadeirinha salva vida de bebê de um ano em grave acidente

Cotidiano

21 de outubro de 2021 16:40

Da Redação


Relacionadas

'Invisibilidade e Registro Civil' é tema da redação do Enem 2021

Pai e filho sofrem queimaduras ao acender churrasqueira

Jovem é identificada após ter corpo incendiado no PR

PR moderniza o ensino com educação financeira e robótica
Aposta acerta os seis números e fatura R$ 39,6 milhões
Caminhões DAF ganham prêmio International Truck of The Year
Enem começa a ser aplicado hoje em 1,7 mil cidades do Brasil
Cadeirinha salva vida de bebê de um ano em grave acidente Foto: Divulgação PRF
PUBLICIDADE

A mãe da criança, que era passageira do veículo, teve ferimentos graves

Um bebê, de um ano de idade, sobreviveu a um grave acidente, na manhã desta quinta-feira (21), em Campo Mourão, na região noroeste do Paraná, graças à cadeirinha de segurança. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a colisão ocorreu na pista sentido Cascavel.

O pai do bebê relatou que, em dado momento, a banda de rodagem de um dos pneus se soltou e o carro capotou. A mãe da criança, que era passageira, teve ferimentos graves e foi encaminhada de helicóptero para um hospital da região.

“O acidente foi bastante grave e chegou a ficar uma senhora presa nas ferragens. Uma criança que estava no veículo saiu sem ferimentos, graças ao uso da cadeirinha que estava bem fixada. Esse equipamento salvou a vida da criança, que não sofreu um arranhão”, relatou o policial rodoviário que atendeu a ocorrência.

Em outro acidente, ocorrido em Marialva, na noite de quarta-feira (20), uma criança de quatro anos não usava o dispositivo e foi ejetada do carro durante a colisão contra um barranco, seguida de um capotamento. Durante o atendimento do acidente, não foi encontrada a presença da cadeirinha no carro. Tanto a mãe quanto a criança foram ejetadas e socorridas em estado grave para hospitais da região. O motorista, que usava o cinto, sofreu lesões leves.

A PRF ressalta que a cadeirinha é obrigatória e imprescindível para a segurança das crianças. O uso correto, de acordo com o manual de instruções, deve ser observado na íntegra para não colocar em risco a vida de crianças. E não importa se o carro é novo ou antigo. Tendo cinto de segurança e este equipamento estando em condições de uso, é possível ancorar o dispositivo de retenção com segurança.

Veículos sem cadeirinha

Só em 2020, nas rodovias federais paranaenses, a PRF autuou 1.586 motoristas pela falta ou uso de cadeirinha em desacordo com o recomendado. Em 2021, até o momento, 1.011 multas já foram registradas.

Em 2020, a PRF autuou 10.546 motoristas que não usavam o cinto e 4.792 multas de passageiro sem cinto foram registradas. Em 2021, foram efetuadas 8.375 multas de condutores sem o cinto de segurança e 3.581 para passageiros sem o dispositivo de retenção.

PUBLICIDADE

Recomendados