PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Homem negro é agredido por policiais na presença do filho

Cotidiano

22 de outubro de 2021 09:32

Da Redação


Relacionadas

Empresas de Curitiba recebem o selo Empresa Legal

Papai Noel dos Correios libera 7 mil cartinhas para adoção no PR

Jornalista paranaense Roseli Abrão morre vítima de tumor

5G: como a tecnologia vai mudar a vida dos brasileiros
Calçada rompe e 30 pessoas caem na tubulação de rio em SC
Trabalhador morre eletrocutado após guincho tocar fiação no PR
Homem se passa por freira para realizar atendimentos médicos
PUBLICIDADE

Uma mulher que estava na estação gravou toda a ação dos policiais contra o homem que estava acompanhado do filho

Dois seguranças do metrô de São Paulo abordaram um homem negro e aplicaram um mata-leão, enquanto a vítima estava com um bebê. Uma mulher, que presenciou a cena na Estação de Metrô Anhangabaú, na linha vermelha, filmou toda a ação.

A testemunha pediu para os funcionários não matarem o homem, que tem 21 anos. Ela também tentou acalmar a criança que estava com a vítima de racismo, que ficou o tempo todo em um carrinho de bebê.

“Gente, não mata ele. Moço, para, por favor, o filho dele aqui. Moço, não resiste”, pede a mulher.

Durante a ação, um dos seguranças diz que o homem cuspiu nele e que por esse motivo seria levado para a delegacia da Barra Funda. Após ser contido, a vítima pede para que a testemunha o acompanhe até a delegacia.

Flavia Alves, que fez o vídeo, afirmou no Instagram que o homem teria apenas reagido às agressões dos seguranças. “Sim, ele tentou morder o policial para impedir que o carrinho do filho caísse novamente”, disse a mulher.

Leia a matéria completa no site do Metrópoles.

PUBLICIDADE

Recomendados