PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Homem procura delegacia ao ser removido de grupo do 'Zap'

Cotidiano

26 de outubro de 2021 16:10

Da Redação


Relacionadas

Carreta invade pista, colide com carro e despenca de 10 metros

Motociclista morre e garupa fica em estado grave após colisão

Macaco pega “carona” com gato e passeia por cidade

55% dos brasileiros consomem bebida alcoólica semanalmente
Julgamento do caso Boate Kiss chega ao quinto dia
Homem mais alto do Brasil faz cirurgia para amputar perna
Jovem foi obrigada a abrir própria cova antes de morrer
Segundo a polícia, homem alegou que foi removido por administradora de grupo ao discordar de opinião Foto: Reprodução
PUBLICIDADE

Segundo a polícia, homem alegou que foi removido por administradora de grupo ao discordar de opinião, já que ambos são membros de um sindicato em uma universidade pública


Um homem de 39 anos procurou a polícia na noite desta quinta-feira (21), após ser removido de um grupo de WhatsApp. Segundo a polícia, ele alegou que o motivo da remoção foi porque simplesmente expôs suas opiniões.

Ainda de acordo com a polícia, o homem disse que exerce o cargo de técnico de nível superior em universidade pública e que é filiado do sindicato da categoria. Ele também afirmou exercer atividades dentro do órgão.

Ele relatou que na última terça-feira (19) ao não concordar com a condução e posicionamento da presidente relativo à classe, ela o removeu do grupo.

Segundo o boletim de ocorrência, diante a situação, o homem pediu o registro de preservação de direito, por entender que não está sendo respeitado seu direito de permanecer no grupo oficial, uma vez que é direito de todos os filiados terem informações e opinar nos assuntos referentes à classe.

O caso foi registrado preservação de direito na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) de Dourados.

As informações são do G1 MS

PUBLICIDADE

Recomendados