PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Pastora Sarah Sheeva 'prevê' morte de outro sertanejo

Cotidiano

14 de novembro de 2021 14:41

Da Redação


Relacionadas

Alep mantém restrições para minimizar avanço da covid-19

PR receberá 735,9 mil vacinas para dose de reforço

Novo secretário do PR quer manter olhar municipalista

PR contará com 19 novas subestações da Copel
Universitária morre após cair de cachoeira em SC
Corpo é deixado no meio da rua e assusta moradores no Paraná
Temperatura pode chegar a 40º na região Sul
Logo após a publicação, a pastora ressaltou que não teve a intenção de falar da cantora Marilia Mendonça e de outros sertanejos. Foto: Reprodução
PUBLICIDADE

Conhecida por opiniões polêmicas, recentemente a pastora foi bastante criticada por afirmar que o ritmo da sofrência atrai o capeta

A pastora Sarah Sheeva vem recebendo uma série de críticas após compartilhar opiniões polêmicas em suas redes sociais. A declaração de que o ritmo da sofrência atrai o capeta gerou revolta nos internautas, a filha dos tropicalistas Baby do Brasil e Pepeu Gomes “previu” a morte de outro sertanejo.

“Deus me toma. Se achou ruim, reclama com Deus, meu bem. Eu sou só uma empregada de Jesus, eu só cumpro ordens. Eu não tenho poder para escolher o que eu vou falar”, começou Sarah Sheeva, em resposta às críticas.

Logo após a publicação, a pastora ressaltou que não teve a intenção de falar da cantora Marilia Mendonça e de outros sertanejos, mas que foi “tomada por Deus” para fazer o alerta aos artistas. “Eu falei de mais um artista. Não sei se vocês perceberam. Não vou falar o nome dele, mas ele é o próximo, se ele não se consertar. Deus falou de mais um, tem mais um na lista aí”, afirmou.

Relembre o caso

Logo após a morte de Marília Mendonça, a pastora Sarah Sheeva foi às redes sociais relembrar um recado em que havia enviado aos sertanejos há cerca de um mês. De acordo com Sarah, Deus teria enviado através dela uma mensagem direcionada aos artistas que cantam sofrência, pois, de acordo com ela, trata-se de um ritmo que atrai o diabo.

“Há quase um mês, no dia 10 de outubro deste ano, Deus me deu uma palavra de conserto direcionada aos cantores de música sertaneja – que eu entreguei publicamente em uma live aqui no Instagram enquanto lavava a louça. Hoje, com a triste notícia do falecimento de uma cantora – desse meio sertanejo –, um seguidor me lembrou da palavra e eu fui assistir à mensagem novamente. Meu Deus! Estou aqui em estado de choque. Que tristeza”, escreveu.

Informações - Metrópoles 

PUBLICIDADE

Recomendados