PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Corpo encontrado no porta-malas de carro é identificado

Cotidiano

25 de novembro de 2021 11:33

Da Redação


Relacionadas

Homem é preso por maus-tratos a cachorros no Paraná

Novo lote de vacinas pediátricas deve chegar hoje

Queiroga diz que cloroquina não tem comprovação científica

Homem sai comprar pão e é morto em Almirante Tamandaré
Operação mira suspeitos de tráfico e homicídio em Irati
Estado reativa 310 leitos para Covid-19 e gripe H3N2
Carro derruba muro e quase atinge bebês na piscina
O crime ocorreu na noite da última terça-feira (23) em Fazenda Rio Grande. Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal
PUBLICIDADE

O crime ocorreu na noite da última terça-feira (23) em Fazenda Rio Grande

O corpo encontrado no porta-malas de um carro em chamas, no bairro Gralha Azul, em Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), na noite da última terça-feira (23), é do jovem Lucas Borsato Coutinho de Oliveira, segundo informou a família do rapaz à Rádio Banda B. O Monza estava em uma rua próxima à BR-116 e o Corpo de Bombeiros precisou apagar o fogo.

A esposa do homem contou para reportagem que ouviu os tiros na tarde desta terça-feira (23), no bairro Tatuquara, e quando chegou no local o veículo não estava lá.

“Eu estava em casa quando escutei os tiros e disse para minha irmã: acho que foi ele. Desci correndo e acho que tinham dado uns nove tiros, pra mais, nele. Perguntei para todo mundo se era ele, disseram que sim e que cataram o corpo, colocaram no Monza e só levaram”, disse.

Lucas é líder de uma invasão de moradores perto do terminal de ônibus do bairro Tatuquara. A suspeita é que o crime teria sido motivado por uma briga por território. Dias antes, ele teria relatado que estava com medo, mas não disse o porquê.

“Não sei quem foi, não entendo o porquê, não faço ideia do que aconteceu”, disse a mulher que estava em processo de divórcio com o rapaz, com quem tem uma filha de quatro anos.

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o caso.

Com informações: Banda B.

PUBLICIDADE

Recomendados