PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Homem diz ter HIV e ameaça vítima de furto com seringa

Cotidiano

01 de dezembro de 2021 11:36

Da Redação


Relacionadas

Divulgar notícias falsas nas eleições pode acabar em prisão

Empréstimo por telefone é vetado para aposentados do PR

Paraná recebe 9,8 mil pistolas para PM e PCPR

Idoso é detido após tomar 11 doses de vacina contra covid
Creche encontra maconha dentro de fralda de bebê no RS
Luciano Huck dá bronca em Padre Fábio de Melo
"Onda de calor" não será tão intensa no PR, afirma Simepar
O suspeito teria dito à vítima que a seringa que portava estava com sangue e que ele seria portador do vírus HIV. Foto: Reprodução Vídeo/GM
PUBLICIDADE

O suspeito teria dito à vítima que a seringa que portava estava com sangue e que ele seria portador do vírus HIV

Um homem em posse de uma seringa com sangue é suspeito de roubar o carregador e o celular de um rapaz na Praça Rui Barbosa, no centro de Curitiba, no início da manhã desta quarta-feira ( 1º).

O suspeito teria dito à vítima que a seringa que portava estava com sangue e que ele seria portador do vírus HIV. O fato ocorreu no dia Mundial de Luta Contra Aids, 1º de dezembro.

“A vítima foi ameaçada pelo suspeito com uma seringa. Ele levou o celular e carregador do rapaz e disse que era portador de HIV, mas isso não temos como afirmar”, disse o guarda municipal Joel Nunes.

Ele perseguiu o suspeito até uma pensão e acionou a Guarda Municipal que foi até o local e encontrou celular e carregador no quarto do suspeito na pensão. A vítima, que voltava do trabalho contou a versão dele à Banda B.

“Ele me abordou com uma seringa e me pediu para passar o celular e o carregador. Isso foi na Praça Rui Barbosa e fui seguindo ele até rua 13 de Maio. Ele me ameaçou com um seringa cheia de sangue. Vai saber o que tinha na seringa”, relatou.

O rapaz contou que foi assaltado recentemente no bairro Sítio Cercado, quando teve outro celular roubado.

“Nem tinha acabado de pagar ainda e esse que eu estava era emprestado da minha sogra”, lamentou.

Os pertences da vítima foram recuperados e o suspeito, que já tinha passagens pela polícia, encaminhado à Central de Flagrantes, no bairro do Portão, em Curitiba.

Com informações: Banda B.

PUBLICIDADE

Recomendados