PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Homem com faca faz filho de 14 anos refém no PR

Cotidiano

03 de dezembro de 2021 17:53

Da Redação


Relacionadas

PR estima vacinar mais de 1 MI de crianças entre 5 e 11 anos

Testes rápidos de Covid estão incluídos nos planos de saúde

Saúde orienta sobre acidentes com animais peçonhentos

Bebê com quatro braços e pernas é tratado como Deus
Anvisa libera CoronaVac para crianças e adolescentes
Censo 2022: Inscrições se encerram nesta sexta-feira
Advogadas são constrangidas em penitenciária do Paraná
O pai se entregou após negociação com a polícia e foi encaminhado para um hospital; o filho saiu sem nenhum ferimento Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

O pai se entregou após negociação com a polícia e foi encaminhado para um hospital; o filho saiu sem nenhum ferimento


Nesta sexta-feira (03), um homem, sem identificação, usou uma faca para fazer o filho, de 14 anos, refém, em Londrina, norte do Paraná. O pedido de ajuda foi registrado em um sobrado localizado na Rua Marselha, no Jardim Piza, zona sul da cidade.

“Felizmente, o desfecho foi positivo, houve um convencimento por parte daqueles que faziam tratativas com o causador do evento. Este acabou, apesar de estar visivelmente transtornado, acatando as orientações dos policiais militares, liberando seu filho, temos uma equipe altamente qualificada que usou de técnicas de gerenciamento para poder conduzir essa orientação. Felizmente, o garoto foi resgatado, o pai, que era o causador do evento crítico também, encontra-se ileso e sendo atendido.  […] entregamos o indivíduo ao SAMU, que está fazendo os devidos atendimentos, acalmando e fará o encaminhamento dele, se houver alguma necessidade psiquiátrica […]”, explica o tenente-coronel Villa.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi no local, assim como policiais militares do Batalhão de Polícia de Choque para negociar com o suspeito. Após algum tempo de conversa e depois da irmã da vítima entrar no imóvel, acompanhada dos policiais, o homem se entregou. Ele recebeu atendimento dos socorristas do Samu no local e foi encaminhado para o Hospital da Zona Sul, onde deve ficar sob observação por 24 horas.

O adolescente saiu sem ferimentos e foi acolhido pelos familiares. A suspeita é que o homem tenha tido um surto psicótico. Ele deve responder pelos crimes de agressão e cárcere privado.


Informações do RIC Mais

PUBLICIDADE

Recomendados