PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Governo do Paraná anuncia aumento salarial de professores

Cotidiano

06 de dezembro de 2021 08:52

Da Redação


Relacionadas

Fiocruz confirma predominância da Ômicron no PR

Brasil registra 112 mil casos de covid-19 em apenas 24h

Voluntariado nas eleições garante isenção em concursos

Alta no diesel pressiona valor da tarifa no transporte público
Darci Piana faz homenagem ao Esquadrão Antibombas do PR
Sergio Moro testa positivo para o coronavírus e passa bem
ANTT informa TCU sobre riscos em novo contrato do pedágio
O aumento será tanto para o quadro próprio como do Processo Seletivo Simplificado (PSS). Foto: Hedeson Alves/AEN
PUBLICIDADE

O anúncio deverá ser feito pelo governador Ratinho Júnior e o secretário de educação e do esporte, Renato Feder

O Governo Paraná deve apresentar, na manhã segunda-feira (6), em entrevista coletiva, aumento salarial de professores do estado, tanto do quadro próprio como do Processo Seletivo Simplificado (PSS).

Parte dos professores da rede pública do Paraná vão receber um aumento salarial de, aproximadamente, 48% nos vencimentos mensais. O anúncio deverá ser feito pelo governador Ratinho Júnior e o secretário de educação e do esporte, Renato Feder, a partir das 11h, no Palácio Iguaçu.

Em entrevista à Banda B, a presidente eleita da APP-Sindicato, Walkiria Olegário Mazeto, afirmou que não concorda com a proposta. Isto porque, segundo ela, o reajuste não será aplicado à toda categoria, o que vai gerar um contraste de salários entre os professores.

“Nossa defesa sempre foi de que esta recomposição salarial do piso fosse aplicada para ativos e quem já está aposentado, e em toda a tabela. Não só a inicial da carreira. Porque se não você cria uma disparidade entre salários. O primeiro salário vai sempre sendo ajustado para ficar de acordo com o piso, mas os demais salários da carreira, eles vão ficando congelados”, defendeu.

A previsão é que, após o anúncio, o Governo do Paraná envie a proposta à Alep (Assembleia Legislativa do Paraná), para ser aprovado o novo piso da categoria.

Os recursos para gerar o aumento do piso salarial vêm do Governo Federal por meio do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação). A verba é repassada aos estados, que possuem liberdade para escolher como vão aplicar a quantia.

Leia a matéria completa no site da Banda B, parceira do Portal aRede.

PUBLICIDADE

Recomendados