PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Suspeitos usam carro pintado à mão para executar desafeto

Cotidiano

17 de dezembro de 2021 09:27

Da Redação


Relacionadas

Balão com nove pessoas cai às margens de rodovia em SP

Homem é preso em PG acusado de tortura e estupro

Última parcela do IPVA das placas de finais 1 e 2 vence hoje

Ciclone no Sul do Brasil pode se tornar um furacão? Entenda
Frio será intenso a partir desta terça-feira em PG
Taxa de desocupados no Paraná tem o menor valor desde 2015
Após três anos, polícia prende Paulo Cupertino em São Paulo
Os assassinos pintaram uma Fiorino inteirinha de amarelo, como se fosse o carro dos Correios Foto: Lúcio André
PUBLICIDADE

Objetivo dos ladrões era entrar na comunidade sem levantar suspeitas, para executar um rival

O planejamento de um homicídio chamou atenção das autoridades policiais no bairro Parolin, em Curitiba. Os criminosos para conseguir entrar na comunidade sem levantar suspeitas, já que o local costuma ser vigiado pelos traficantes, decidiram pintar uma Fiorino de amarelo, como se fosse o carro dos Correios. Assim, eles conseguiram entrar e executar um desafeto, que morreu baleado. Uma segunda pessoa, cadeirante, que é ladrão de carros já conhecido no meio policial, estava junto com o homem morto e acabou ferido por um tiro de raspão.

O crime foi registrado na tarde desta quinta-feira (16). Conforme a Polícia Civil, os falsos funcionários dos correios entraram na comunidade com a Fiorino roubada, toda pintada à mão em amarelo, e conseguiram executar seu desafeto, um jovem de 21 anos morador da região. A vítima foi socorrida pela equipe do Corpo de Bombeiros e foi encaminhada ao Hospital do Trabalhador, mas não resistiu e morreu.

Ainda durante o tiroteio, o cadeirante levou um tiro e foi encaminhado ao mesmo hospital. O jovem que é conhecido dos policiais deve ser preso após receber alta, ele atua como ladrão de carros, e teria perdido o movimento das pernas em uma troca de tiros com a polícia em outra ocasião.

Após os suspeitos cometerem o crime, eles abandonaram o carro e fugiram em outro veículo que aguardava eles.

Informações - Ricmais

PUBLICIDADE

Recomendados