PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Homem sobrevive a 10 tiros e morre em novo atentado no PR

Cotidiano

18 de janeiro de 2022 11:01

Da Redação


Relacionadas

Ratinho Jr. destaca papel do Sul para crescimento do Brasil

Doria desiste da pré-candidatura à Presidência

Calendário do IPVA das placas de finais 9 e 0 acaba hoje

Carro de concurseiro pega fogo a 1 Km da prova
Caixa paga parcela do Auxílio Brasil para beneficiários
Mulher reaparece após ser dada como morta no litoral de SP
CNJ promove ações para marcar Dia Nacional da Adoção
Primeiro atentado ocorreu em agosto de 2021. Foto: Reprodução/RICtv
PUBLICIDADE

Ele estava sentado na área de uma residência na Vila Guadiana quando foi surpreendido por dois homens em uma caminhonete, que abriram fogo contra ele

Um homem de 30 anos morreu após sofrer um atentado a tiros em frente da casa onde morava na noite desta segunda-feira (17) em Mandaguaçu. Ele já havia sido alvo de uma tentativa de execução em agosto de 2021, mas sobreviveu mesmo após levar 10 tiros.

No atentado desta segunda-feira, o homem estava sentado na área de uma residência localizada na rua Piracatu, na Vila Guadiana, quando foi surpreendido por dois homens em uma caminhonete Chevrolet S10. Eles desceram do carro e abriram fogo contra a vítima, fugindo na sequência.

O homem foi atingido por vários disparos e levado por um veículo para uma Unidade Básica de Saúde (UBS) próxima. Lá ele foi intubado e levado, através da ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), para o Hospital Santa Casa de Maringá. No entanto, ele não resistiu aos ferimentos e morreu.

Em agosto de 2021, o homem já havia sido internado em estado grave após levar 10 tiros também em atentado. Ele estava em casa quando um homem encapuzado invadiu a residência e atirou contra ele e depois fugiu em uma moto. Apesar dos ferimentos graves, a vítima havia conseguido se recuperar.

A Polícia Civil investiga o caso e não descarta a hipótese de que o segundo atentado tenha ligação com o primeiro.

Com informações: RIC Mais.

PUBLICIDADE

Recomendados