PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

PSDB faz anúncio de pré-candidato ao Governo do Paraná

Cotidiano

19 de janeiro de 2022 14:56

Rodolpho Bowens


Relacionadas

Pedágios podem ter reajuste de 30% antes de leilão

STF mantém multa a motorista que recusar bafômetro

WhatsApp terá função premium com soluções para empresas

Governo sanciona MP que torna Auxílio Brasil permanente
Idosa morre esperando vaga em UTI por mais de 24h no Paraná
Morte de jovem por infarto comove município do Paraná
Mãe é presa suspeita de matar e torturar filha com deficiência
Lideranças do PSDB fizeram o anúncio na noite da última terça-feira (18). Foto: Reprodução/Redes Sociais.
PUBLICIDADE

Cesar Silvestri Filho, ex-presidente regional do Podemos, se filiou ao PSDB e anunciou pré-candidatura ao Governo Estadual

O Partido da Social Democracia Brasileira anunciou que disputará as eleições para o Governo do Paraná. Na noite da última terça-feira (18), o PSDB oficializou filiação, e pré-candidatura, do ex-prefeito da cidade de Guarapuava (PR), Cesar Silvestri Filho. O comunicado teve a presença do ex-governador do Estado, Beto Richa, e também do pré-candidato à presidência da República, João Doria, além de outras lideranças como o presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo.

Segundo Cesar Silvestri, que era o presidente regional do Podemos – partido de Sergio Moro, Álvaro Dias, e também apoiador do atual governador, Carlos Massa Ratinho Junior (PSD), “fui convidado pelo PSDB para levar adiante o projeto com aval do ex-governador Beto Richa. O PSDB tem uma tradição no Estado e me deu essa condição política”, disse. Além disso, a mudança de partido de Cesar se deu por conta de o Podemos, com o aval da direção nacional, manifestou aliança com Ratinho Junior – com isso, viabilizando a reeleição de Álvaro para o Senado Federal.

Sobre essa situação, o ex-juiz e pré-candidato à presidência pelo Podemos, Sergio Moro, afirmou que a saída de Silvestri não enfraquece o partido. “Lamentável a saída dele, mas acho que temos de respeitar. Essas construções de liderança dentro dos partidos são normais. O Podemos está forte. Não é esse fato que gera o enfraquecimento do partido”, comentou durante uma entrevista a uma rádio, na manhã desta quarta-feira (19).

Também participaram da reunião em São Paulo o deputado federal Rossoni e o deputado estadual do Paraná, Michele Caputo.

PUBLICIDADE

Recomendados