PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Moro, Doria e Ciro enviam condolências a Bolsonaro

Cotidiano

22 de janeiro de 2022 10:19

Da Redação


Relacionadas

Balão com nove pessoas cai às margens de rodovia em SP

Homem é preso em PG acusado de tortura e estupro

Parcela do IPVA das placas de finais 1 e 2 vence hoje

Ciclone no Sul do Brasil pode se tornar um furacão? Entenda
Frio será intenso a partir desta terça-feira em PG
Taxa de desocupados no Paraná tem o menor valor desde 2015
Após três anos, polícia prende Paulo Cupertino em São Paulo
Foto: reprodução
PUBLICIDADE

Presidenciáveis destacaram divergências, mas afirmaram que a dor humana supera barreiras. As mensagens foram referentes a morte da mãe de Bolsonaro. 

No final da manhã desta sexta-feira, 21, os presidenciáveis Sergio Moro (Podemos), Ciro Gomes (PDT) e João Doria (PSDB) usaram as redes sociais para prestar condolências ao presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), pela morte da mãe dele, Olinda Bolsonaro. Os dois primeiros ressaltaram as divergências políticas existentes entre eles e Bolsonaro, mas destacaram que a dor humana é maior que as barreiras criadas por outras razões. “Divergências profundas não podem ser maiores do que o respeito pela dor humana. Meus sentimentos ao presidente da República pela perda da mãe”, escreveu o ex-juiz da Lava Jato em seu Twitter.

Por sua vez, Ciro desejou os “pêsames a Bolsonaro pela perda de sua mãe. Por maior que sejam as divergências, há momentos que superam esta barreira”. Já o governador de São Paulo se direcionou à família do chefe do Executivo: “Meus sentimentos à família Bolsonaro pelo falecimento da Dona Olinda. A perda da mãe ou avó é sempre uma dor irreparável. Que ela descanse em paz e Deus conforte familiares e amigos”.

Leia na íntegra na Jovem Pan 

PUBLICIDADE

Recomendados