PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Moro, Doria e Ciro enviam condolências a Bolsonaro

Cotidiano

22 de janeiro de 2022 10:19

Da Redação


Relacionadas

Paccar Financial celebra 3 anos com resultados recordes

"Aquece Paraná" arrecada mais de 40 mil peças de roupa

Polícia prende cinco pessoas envolvidas em roubos de cargas

Sesa distribui mais de 369 mil vacinas contra a Covid-19
Boletim da Covid aponta mais 3.783 casos e 52 óbitos no PR
Estado anuncia investimento da Fiocruz em planta de vacinas
Detran passa a aceitar PIX em todas as guias de pagamento
Foto: reprodução
PUBLICIDADE

Presidenciáveis destacaram divergências, mas afirmaram que a dor humana supera barreiras. As mensagens foram referentes a morte da mãe de Bolsonaro. 

No final da manhã desta sexta-feira, 21, os presidenciáveis Sergio Moro (Podemos), Ciro Gomes (PDT) e João Doria (PSDB) usaram as redes sociais para prestar condolências ao presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), pela morte da mãe dele, Olinda Bolsonaro. Os dois primeiros ressaltaram as divergências políticas existentes entre eles e Bolsonaro, mas destacaram que a dor humana é maior que as barreiras criadas por outras razões. “Divergências profundas não podem ser maiores do que o respeito pela dor humana. Meus sentimentos ao presidente da República pela perda da mãe”, escreveu o ex-juiz da Lava Jato em seu Twitter.

Por sua vez, Ciro desejou os “pêsames a Bolsonaro pela perda de sua mãe. Por maior que sejam as divergências, há momentos que superam esta barreira”. Já o governador de São Paulo se direcionou à família do chefe do Executivo: “Meus sentimentos à família Bolsonaro pelo falecimento da Dona Olinda. A perda da mãe ou avó é sempre uma dor irreparável. Que ela descanse em paz e Deus conforte familiares e amigos”.

Leia na íntegra na Jovem Pan 

PUBLICIDADE

Recomendados