PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Anvisa recebe informações sobre autotestes de covid-19

Cotidiano

26 de janeiro de 2022 11:25

Agência Brasil


Relacionadas

Homens anunciam adolescentes em rifa e são presos

Sexta-feira 13 e gatos pretos: animais correm perigo

Forças Armadas não vão interferir nas eleições

Só com luta de negros foi possível abolir escravidão
PF apreende 800 quilos de pasta de cocaína em Piraí
Transferência por Pix ainda gera desconfiança nos brasileiros
Tetra Pak realiza projeto de restauração da Mata Atlântica
Agência diz que resposta sobre venda deve sair no menor tempo possível. Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil
PUBLICIDADE

Agência diz que resposta sobre venda deve sair no menor tempo possível

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebeu do Ministério da Saúde (MS) informações sobre política pública para implementação dos autotestes de diagnóstico de covid-19. As informações, de acordo com o ministério, foram encaminhadas à agência reguladora na noite desta terça-feira (25).

A agência confirmou o recebimento e disse que vai analisar as informações, mas não há prazo para resposta. Acrescentou, no entanto, que a deliberação sobre venda de autotestes deve sair no menor tempo possível.

A liberação de autotestes foi solicitada à Anvisa no dia 13 de janeiro. Na semana passada, a agência adiou a decisão e solicitou informações sobre como os testes seriam usados por pacientes leigos e como será feita a notificação dos resultados à Rede Nacional de Dados em Saúde do governo federal. Portaria do ministério determina que notificações de casos de covid-19 são compulsórias.

O ministério argumenta que a liberação dos testes vai ajudar no diagnóstico e tratamento da doença e que, se liberados, os autotestes devem integrar o Plano Nacional de Expansão da Testagem (PNE-Teste) para Covid-19.

“Se aprovada, medida será mais um eixo de apoio ao diagnóstico e monitoramento da situação epidemiológica do país. A orientação ao público sobre manuseio dos testes, conduta do usuário após o resultado e notificação do diagnóstico serão incluídos na nova edição do PNE-Teste”, informou o MS.

Nesta quarta-feira (26), a Anvisa determinou o recolhimento de mais um autoteste de covid-19 — o meuDNA PCR-LAMP Autocoleta de Saliva, da empresa Empreendimentos Pague Menos S/A. Na terça-feira (25), a agência suspendeu a comercialização distribuição, fabricação, importação, propaganda e uso do Autoteste Covid-19 Isa Lab.

Em nota, a Anvisa informou que, “até o momento, não existe nenhum produto aprovado como autoteste, ou seja, para uso por usuários leigos”.

Com informações: Agência Brasil.

PUBLICIDADE

Recomendados