PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Prefeito de Curitiba é internado após apresentar indisposição

Cotidiano

26 de janeiro de 2022 14:46

Rodolpho Bowens


Relacionadas

Eclipse com 'Lua de Sangue' será hoje: saiba como observar

Homem é resgatado após passar noite no Pico do Paraná

Jovem tem 90% do corpo queimado ao receber choque elétrico

Mega-Sena acumula e próximo prêmio deve pagar R$ 45 mi
Brasil tem 17 mil novos casos e 92 mortes por covid em 24 h
Ciclone atinge SC e provoca ventos de 100 km/h
Com pedra amarrada na perna, corpo é encontrado em rio do PR
Prefeito da cidade de Curitiba, Rafael Greca. Foto: Divulgação.
PUBLICIDADE

Exames preliminares apontam ligação da indisposição com uma hérnia abdominal

O prefeito da cidade de Curitiba, Rafael Greca, 65 anos, teve uma indisposição na última terça-feira (25), e seguiu para averiguações médicas no Hospital Marcelino Champagnat. Greca passou bem a noite.

Segundo a Prefeitura Municipal de Curitiba, exames preliminares apontam ligação da indisposição com uma hérnia abdominal. Mais informações sobre o quadro clínico do prefeito serão divulgadas posteriormente.

Histórico de internações

No começo de 2017, Greca foi levado as pressas ao Hospital Marcelino Champagnat, onde foi constatada uma tromboembolia pulmonar e passou praticamente uma semana internado.  

Em 2018, o prefeito precisou fazer uma cirurgia de emergência, em dezembro, para a restauração de parte do intestino delgado, que havia sido perfurado, e também para a retirada de uma hérnia que estava inflamada.

Em 2019, Greca passou no fim do ano por uma cirurgia no Hospital Marcelino Champagnat. Após exames, foi detectada uma hérnia na parede do abdômen do prefeito.

Em 2021, foram duas internações. Em abril, após se sentir mal, Greca foi internado no Hospital Nossa Senhora das Graças por causa de um Acidente Vascular Cerebral (AVC) isquêmico. Foi mantido em observação na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) por um dia e transferido para um quarto, onde deu continuidade do monitoramento neurológico e exames de controle por mais 48 horas. Em setembro, o prefeito ficou três dias e meio internado no Hospital Nossa Senhora das Graças, no bairro Mercês, devido a infecção pela covid-19.

Com informações: Tribuna do PR.

PUBLICIDADE

Recomendados