PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Aluno aplica "mata-leão" em diretora da escola em SP

Cotidiano

26 de maio de 2022 10:31

Da Redação


Relacionadas

Audi confirma investimentos de R$ 100 milhões no Paraná

Presidente da Caixa oficializa pedido de demissão

Jogos no celular: dos campos de futebol aos cassinos

HU-UEPG abrirá mais 20 leitos nesta sexta-feira
Mais 100 investigadores reforçarão a Polícia Civil do PR
PM lança ação de fiscalização em áreas rurais do Paraná
Senai-PR divulga edital com vagas gratuitas em cursos
PUBLICIDADE

Mulher registrou boletim de ocorrência e disse que chegou a desmaiar após as agressões realizadas por aluno de 17 anos

Um aluno de 17 anos agrediu a diretora de um colégio na cidade de Itararé, no interior de São Paulo, na última segunda-feira (23). O episódio foi registrado pela câmera de segurança da escola.

As imagens mostram a mulher e o garoto discutindo próximos a outras duas pessoas. Ele chega a aproximar-se da mulher e colocar o dedo em riste perto do rosto dela.

Após alguns segundos, a diretora vira as costas e deixa a discussão. Nesse momento, o estudante corre na direção dela e aplica um “mata-leão”, derrubando-a no chão.

Os dois chocam-se contra uma porta, que cai sobre a mulher. O aluno ainda corre para cima e tenta emendar outras agressões, mas é contido por testemunhas.

A Polícia Militar foi acionada e compareceu à escola Herculano Pimentel. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também foi contatado e levou a vítima à Santa Casa da cidade.

Boletim de ocorrência

Na última terça-feira (24), a diretora foi à delegacia de Itararé para registrar boletim de ocorrência contra o adolescente por desacato e lesão corporal.

De acordo com informações, a vítima explicou que a discussão teve início após o aluno recusar-se a voltar para a sala de aula quando o intervalo terminou. Ela relatou, ainda, que chegou a desmaiar após as agressões. Apesar dos ferimentos, porém, não precisou ser internada.

O adolescente não foi apreendido, mas deverá ser convocado para prestar esclarecimentos.

PUBLICIDADE

Recomendados