PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Governador vistoria Ponte da Integração

Cotidiano

26 de maio de 2022 20:13

Da Redação


Relacionadas

Sicredi chega à marca de 6 milhões de associados

PR encaminha 2 mil pessoas para leitos hospitalares por dia

PR investe R$ 55,3 milhões nas forças de segurança do estado

Paraná prorroga vacinação contra a gripe
'Auge' do inverno poderá ter dias de forte calor
Mistério em bar: 22 jovens são encontrados mortos
Inscrições para o Sisu começam amanhã
Com a obra concluída, todo o transporte de cargas entre os dois países será feito pela nova passagem, tirando o trânsito pesado da Ponte da Amizade. Foto: Jonathan Campos/AEN
PUBLICIDADE

Fruto de uma parceria entre o Estado, governo federal e Itaipu Binacional, a obra da segunda ponte em Foz do Iguaçu chega ao final de maio com 84% de execução. Investimento é de R$ 323 milhões, incluindo também a construção de uma via perimetral no lado brasileiro.


Faltam apenas 100,6 metros para a Ponte da Integração Brasil-Paraguai conectar as duas margens. É a segunda estrutura que liga Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná, ao país vizinho. Nesta quinta-feira (26), o governador Carlos Massa Ratinho Junior vistoriou a obra, que chega ao final de maio com 84% de execução. O projeto é fruto de uma parceria entre o Governo do Estado, o governo federal e a Itaipu Binacional e é executado pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR).

Além da nova ponte, também está sendo construída uma via perimetral no lado brasileiro. A obra inclui uma ligação entre a Rodovia das Cataratas e a BR-277 pela Perimetral Leste, por onde trafegarão os veículos pesados que circulam entre Brasil e Argentina. O investimento no complexo é de R$ 323 milhões, com recursos da Itaipu. Até a etapa atual, foram destinados R$ 200 milhões à obra.


Com informações da Agência Estadual de Notícias

PUBLICIDADE

Recomendados