PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Terremoto no Peru é sentido em Manaus e Porto Velho

Cotidiano

26 de maio de 2022 17:56

Da Redação


Siga o a rede no Google News

Relacionadas

Após traição, blogueira manda 'dar susto' em ex e ele é morto

Paranaenses voltam do Canadá depois de semestre de aulas

Passagens intermunicipais ficam mais caras no PR

Kiev começou a exportar eletricidade para a UE
Julho inicia com chuva e bloqueio atmosférico
Senado aprova aumento do Auxílio e cria PIX Caminhoneiro
Sanepar lança programa para parcelamento de débitos
Alguns prédios precisaram ser evacuados por causa do tremor Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Alguns prédios precisaram ser evacuados por causa do tremor, como o do Tribunal de Justiça de Rondônia (TJRO) e o Tribunal de Justiça do Amazonas

Um terremoto de 7,2 de magnitude atingiu a região do Peru e Bolívia, na manhã desta quinta-feira, 26, e foi sentido por moradores de Porto Velho (RO) e Manaus (AM). Alguns prédios precisaram ser evacuados por causa do tremor, como o do Tribunal de Justiça de Rondônia (TJRO) e o Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM). Os servidores desceram às pressas para a rua e, na capital amazonense, alguns foram liberados pelo órgão para concluírem o expediente em casa.

Em nota, o TJAM informou que, em razão do ocorrido no prédio localizado no bairro Aleixo, Zona Sul de Manaus, a presidência determinou que a atividade forense no complexo, que abrange o prédio do tribunal, o Anexo Administrativo e da Escola de Aperfeiçoamento do Servidor do Tribunal de Justiça do Amazonas (EASTJAM), seja concluída em home office.

O atendimento às partes, advogados e público em geral fica mantido por meio do Balcão Virtual. Ainda segundo o tribunal, por precaução, a equipe da Secretaria de Infraestrutura do TJAM foi acionada para avaliações pertinentes, juntamente com a Defesa Civil e o Corpo Bombeiros.


Confira a nota na íntegra:

“Em razão do ocorrido no início do expediente desta quinta-feira, 26, quando o Edifício Arnoldo Péres, Sede do Tribunal de Justiça do Amazonas, no Aleixo, registrou reflexo possivelmente relacionado a terremoto ocorrido em países vizinhos ao Brasil, a Presidência do Tribunal determinou que a atividade forense do referido Edifício, do Anexo Administrativo e da EASTJAM, realize-se na modalidade home office, nesta data.

O atendimento às partes, advogados e público em geral fica mantido por meio do Balcão Virtual. E para que não ocorram prejuízos à prestação jurisdicional, os prazos processuais ficam suspensos nesta data.

Por precaução, a equipe da Secretaria de Infraestrutura do TJAM foi acionada para avaliações pertinentes, juntamente com a Defesa Civil e o Corpo Bombeiros.

Fica o registro do ponto eletrônico biométrico dispensado no dia de hoje.”

Rondônia

Em Rondônia, o tremor foi sentido no edifício-sede do Tribunal de Justiça do Estado, em Porto Velho, e em outros três locais. Segundo a assessoria de comunicação da Corte de Justiça, servidores do órgão perceberam o abalo no 5º e 6º andar e o prédio foi evacuado por segurança. Após inspeção do Corpo de Bombeiros, os servidores e magistrados retornaram aos trabalhos. Não houveram feridos.

“O tremor aconteceu também no Centro Administrativo e em outros locais. Sentimos um ligeiro abalo nos extremos, no 5º e 6º andar, e o Tribunal foi evacuado, mas o Corpo de Bombeiros foi acionado e eles liberaram o prédio. Ninguém ficou ferido e os funcionários já voltaram ao trabalho”, disse Simone Norberto, assessora de comunicação do TJRO.

Informações Cultura UOL

PUBLICIDADE

Recomendados