PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Compagas testa projeto para transporte de gás

Cotidiano

27 de maio de 2022 17:51

Da Redação


Relacionadas

HU-UEPG abrirá mais 10 leitos nesta sexta-feira

Mais 100 investigadores reforçarão a Polícia Civil do PR

PM lança ação de fiscalização em áreas rurais do Paraná

Senai-PR divulga edital com vagas gratuitas em cursos
União é condenada a ressarcir PR por gastos na área da saúde
Mãe do menino Henry Borel é presa novamente no Rio
Cúpula da Otan começa hoje em Madri
Um caminhão da Scania, movido a GNV e transportando GNV - o primeiro do Sul do país - começou a rodar nesta semana no trecho entre Ponta Grossa e Arapoti. A iniciativa abre novos caminhos para o gás natural do Paraná, ao passo que o transporte pode ser feito via terrestre. Foto: Divulgação/Compagas.
PUBLICIDADE

Projeto piloto avalia desempenho de caminhão movido a gás natural no transporte da versão comprimida do combustível, para abastecer municípios distantes do gasoduto.


A Compagas e a operadora logística NEOgás iniciam nesta semana um projeto-piloto para testar o uso de caminhões abastecidos com gás natural no transporte do gás natural comprimido (GNC) para atendimento ao consumidor final. Com esse projeto, o Paraná se torna o primeiro estado no Sul do País a ter o ciclo de fornecimento de gás natural por via terrestre inteiramente formatado a partir da cadeia do gás.

“Com o projeto, vamos demonstrar uma solução mais sustentável e competitiva para interiorizar o abastecimento de gás natural no Paraná, que poderá ser toda realizada a partir da cadeia do gás natural”, diz o diretor técnico-comercial da Compagas, Rafael Longo. “Queremos também apresentar aos usuários, transportadoras e empresários do segmento de transportes pesados, a viabilidade do uso do gás como um combustível mais eficiente e mais sustentável que o diesel, podendo ser aplicado a cargas pesadas e para maiores deslocamentos”.

Neste piloto, que terá cerca de 30 dias de duração, o gás natural distribuído pela Compagas será comprimido pela NEOgás na estação de Ponta Grossa (Campos Gerais). Em seguida, será transportado diariamente por cerca de 130 km até o município de Arapoti, utilizando caminhão Scania movido a gás, para abastecer a indústria BO Paper, que utiliza o gás natural em uma série de aplicações na indústria papeleira.


Com informações da Agência Estadual de Notícias

PUBLICIDADE

Recomendados