Velório e cremação do indigenista Bruno acontece hoje

O Jornalista britânico Dom Philips será velado e cremado no domingo (26)

Corpos de Bruno e Dom chegam a Brasília
Corpos de Bruno e Dom chegam a Brasília -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

O Jornalista britânico, Dom Philips, será velado e cremado no domingo (26)

O velório do indigenista Bruno Pereira será realizado nesta sexta-feira (24), no Cemitério e Crematório Morada da Paz, em Paulista, no Pernambuco, a partir das 9h. A cremação está marcada para às 15h. O momento de despedida será aberto apenas para a família e amigos. Bruno foi servidor de carreira da Fundação Nacional do Índio (Funai), e reconhecidamente defensor das causas indígenas. Casado com a antropóloga Beatriz Matos, o indigenista deixa três filhos.

Para homenagear Bruno, o cemitério Morada da Paz disponibilizou uma página exclusiva na plataforma Morada da Memória. No site, o público em geral pode enviar mensagens em memória ao indigenista.

Familiares do jornalista inglês Dom Phillips também informaram que o funeral e cremação do corpo do correspondente, assinado junto à Bruno no Amazonas, acontece no domingo (26), das 9h às 12h, no Cemitério Parque da Colina, em Niterói. O acesso também é restrito aos parentes e amigos.

Dom Phillips colaborava com diversos jornais no exterior, como o The New York Times, The Guardian e The Washington Post. Ele realizou diversas viagens para a Amazônia, onde fez reportagens sobre desmatamento e crimes. Ele vivia no Brasil há 15 anos e era casado com uma brasileira.

No domingo, a Polícia Federal (PF) informou que subiu para oito o número de suspeitos de envolvimento com as mortes — três deles já foram presos durante as investigações sobre o caso. De acordo com a polícia, mais cinco homens que ajudaram a ocultar os corpos de Bruno e Dom na mata foram identificados. A polícia, porém, não informou os nomes.

Leia mais em IG