Tiroteio na BR-277 termina com uma morte em Curitiba

Motorista com carro ‘abarrotado’ de maconha trocou tiros com a PM e acabou morto

O Jeep Renegade estava com porta-malas cheio de maconha. Foto: Antônio Nascimento.
O Jeep Renegade estava com porta-malas cheio de maconha. Foto: Antônio Nascimento. -

Da redação com Banda B

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Motorista com carro ‘abarrotado’ de maconha trocou tiros com a PM e acabou morto

Um motorista morreu após trocar tiros com uma equipe das Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) na BR-277, na tarde deste domingo (3), no bairro Orleans, em Curitiba. O carro estava ‘abarrotado’ de maconha e o homem, segundo a polícia, possuía um revolver no momento do confronto.

De acordo com o tenente Conde, da Rotam, em entrevista à Rádio Banda B, os policiais estavam fazendo um patrulhamento na região quando perceberam os tabletes de maconha. “Foi uma abordagem de rotina. Essa equipe estava patrulhando essa a região quando observou dentro do carro alguns tabletes de maconha, com uma cor vibrante, já que o vidro não tinha insulfilm. Quando a equipe começou a seguir, ele começou a acelerar”, disse.

O criminoso alugou o carro, segundo a polícia, para o transporte da droga. “A placa é de um veículo comum de um locadora. Foi locado. É uma pratica comum eles locarem esse tipo de veículo para cometer crime […] É uma ousadia trafegar nas rodovias paranaenses desta forma. Com tantos postos da PRF, PM”, explicou.

Uma testemunha afirmou que tudo foi assustador. “Assustador. Estava com porta-malas abarrotado de drogas. O cara é corajoso de andar com o carro assim”, concluiu. O corpo do suspeito será encaminhado ao Instituto Médico Legal de Curitiba (IML). O trânsito na BR-277, no sentido Interior-Curitiba, é intenso.

As informações são da Rádio Banda B