PUBLICIDADE

Ipec: Lula tem 55% no 2º turno e Bolsonaro 45%, nos votos válidos

Pesquisa foi feita entre segunda-feira (3) e quarta-feira (5) e tem margem de erro de dois pontos para mais ou para menos. Nos votos válidos, o resultado foi 55% para Lula e 45% para Bolsonaro.

Nos votos válidos, o resultado foi 55% para Lula e 45% para Bolsonaro.
Nos votos válidos, o resultado foi 55% para Lula e 45% para Bolsonaro. -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Pesquisa do Ipec divulgada nesta quarta-feira (5), encomendada pela Globo, aponta que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem 51% de intenção de votos no segundo turno e que o presidente Jair Bolsonaro (PL) tem 43%. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Lula (PT): 51%

Bolsonaro (PL): 43%

Branco e nulo: 4%

Não sabe: 2%

Nos votos válidos, a sondagem apontou que Lula tem 55%, e Bolsonaro, 45%.

Foram entrevistadas 2.000 pessoas, entre os 3 e 5 de outubro, em 129 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, com índice de confiança de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BR-02736/2022.

Simulações anteriores de 2º turno

Na simulação anterior de cenário de 2º turno, divulgada na véspera da votação do 1º turno, no domingo (dia 1º), Lula tinha 52% das intenções de voto, e Bolsonaro, 37%.

Foram entrevistadas 2.000 pessoas, entre os 3 e 5 de outubro, em 129 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, com índice de confiança de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BR-02736/2022.

Simulações anteriores de 2º turno

Na simulação anterior de cenário de 2º turno, divulgada na véspera da votação do 1º turno, no domingo (dia 1º), Lula tinha 52% das intenções de voto, e Bolsonaro, 37%.

A pesquisa Ipec apontou também os índices de avaliação do atual governo. A sondagem mostra que o presidente Bolsonaro tem 42% de avaliações negativas (ruim ou péssimo) e 35% de avaliações positivas (ótimo ou bom). Os que consideram a gestão regular são 22%.

O levantamento mais recente do instituto que aferiu a taxa de aprovação foi divulgado em 26 de setembro. Ele apontou que o presidente tinha 47% de avaliações negativas (ruim ou péssimo) e 29% de avaliações positivas (ótimo ou bom). Os que consideravam a gestão regular eram 22%.

Definição de voto

Quanto ao índice de definição de voto, a pesquisa Ipec aponta que 92% dos eleitores dizem estar totalmente decididos quanto a quem vão votar no segundo turno. Os que dizem que ainda podem mudar de opinião somam 8%.

 Com informações do G1

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE