PUBLICIDADE

Piloto do avião de Marília Mendonça não seguiu padrão de pouso

Segundo depoimentos colhidos pela Polícia Civil, ele "se afastou muito" do local recomendado. Acidente ocorreu em 5 de novembro de 2021.

Investigação indica que o piloto da aeronave não seguiu o padrão de pouso do aeródromo
Investigação indica que o piloto da aeronave não seguiu o padrão de pouso do aeródromo -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Um ano após o acidente aéreo que matou a cantora Marília Mendonça e outras quatro pessoas em Caratinga, em Minas Gerais, a Polícia Civil afirmou, nesta sexta-feira (4), que o piloto da aeronave não seguiu o padrão de pouso do aeródromo. Segundo depoimentos da investigação, ele fez a aproximação pelo lado correto, mas "se afastou muito" do local recomendado.

"O que a gente tem até agora na investigação, o que a gente sabe mediante depoimentos feitos é que o piloto não fez a manobra que se esperava, ele saiu da zona de proteção do aeródromo para fazer esse pouso. Então, é um fator que pode ter contribuído para que o acidente ocorresse", afirmou o delegado regional de Caratinga, Ivan Lopes Sales, responsável pela investigação.

A zona de proteção é a área de entorno sujeita a restrições para que aeródromos possam operar com segurança. De acordo com o delegado, apenas os obstáculos inseridos dentro da zona de proteção são inseridos no Notam, documento de referência para pilotos.

"Não há uma obrigatoriedade de pousar nessa forma padrão, mas, quando ele sai dessa zona de proteção do aeródromo, é por conta e risco dele. Ele se afastou muito, veio muito baixo e se chocou na rede de transmissão", disse o delegado.

Para chegar a essa conclusão, a Polícia Civil se baseou nas oitivas de dois pilotos: um iria pousar em Caratinga no mesmo dia e ouviu o piloto da aeronave de Marília Mendonça antes do acidente, e o outro estava no aeródromo. O acidente ocorreu na tarde do dia 5 de novembro de 2021.

"São depoimentos muito importantes para a polícia, desses dois pilotos, porque a gente sabe que até um minuto e meio antes não havia qualquer tipo de problema com a aeronave, não reportou nenhum tipo de problema, e que o piloto acabou saindo do padrão de pouso em Caratinga", disse o delegado.

Com informações do G1

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE