Coritiba vence o Cuiabá no Couto Pereira

Esporte

25 de maio de 2019 16:25

Banda B

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Brasil enfrenta a Venezuela em Salvador pela Copa América

Brasil tem potencial para vencer a Itália, diz jogadora

Dono do PSG exige compromisso total de Neymar

Seis equipes disputam a Copa de Futsal Feminino de Palmeira
Governo do PR pretende levar artes marciais para escolas
Seleção se prepara para partida contra Venezuela nesta terça
Diego Basilio vence 3ª etapa do Paranaense de Enduro FIM
Jogo teve início na manhã deste sábado, em Curitiba Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Artilheiro do time, Rodrigão voltou a marcar e garantiu a vitória alviverde por 2 a 1, neste sábado (25), no Alto da Glória


Se tem Rodrigão em campo, não tem placar em branco. A frase valeu mais uma vez, na manhã deste sábado (25), diante de um Couto Pereira lotado, com quase 40 mil torcedores. Decisivo, o artilheiro marcou duas vezes e decretou a vitória do Coritiba, por 2 a 1, sobre o Cuiabá, pela quinta rodada da Série B do Brasileirão.

A estrela do goleador roubou a cena da reestreia do meia-atacante Rafinha. Mas ela contou, sim, com uma grande colaboração do camisa 7, que fez um ótimo jogo e colaborou com uma bela assistência para o primeiro gol. Rafinha chegou a marcar o dele na etapa inicial, mas a arbitragem marcou impedimento.

Com o resultado, o Verdão foi aos oito pontos e se aproximou do G4 da Série B. Na próxima rodada, o time encara o América-MG, na segunda-feira (03), às 20h, na Arena Independência, em Belo Horizonte.

O jogo

Empurrado pelo bom público e pelo sol, apesar de uma fria manhã, o Coritiba imprimiu um ritmo intenso, alavancado pelo meia-atacante Rafinha. Reestreante, o jogador foi o que mais impulsionou as jogadas pelo lado esquerdo e desequilibrou o bom sistema defensivo do Cuiabá. Logo aos oito minutos, em sua primeira grande participação, ele tabelou com Patrick Brey, recebeu na área e mandou para as redes. Mas a arbitragem marcou impedimento do camisa 7 alviverde.

O gol anulado não abalou Rafinha, que, logo na sequência, tirou mais uma vez o coelho da cartola. Aos 10, ele encontrou Rodrigão na esquerda e deu bela assistência para o artilheiro, que entrou na área e bateu na saída do goleiro Victor Souza para abrir o placar.

Só que nem tudo foi perfeito para o Coritiba na etapa inicial. Mais uma vez, em algo recorrente e que vem incomodando o técnico Umberto Louzer, o time decaiu o ritmo e deixou o Cuiabá ter mais a posse de bola. Por pouco, aos 44, o time mato-grossense não chegou ao empate, em cabeceio de Junior Todinho, que subiu sozinho no meio da defesa e mandou perto da trave de Wilson.

Depois de crescer na parte final da primeira etapa, o Dourado voltou melhor que o Coxa do intervalo e controlou os 45 minutos finais. Aos seis, Caio Dantas bateu e Wilson fez fácil defesa. Aos 13, Felipe Marques tentou de longe e a bola passou perto da trave.

No lance seguinte, a insistência enfim surtiu efeito. Aos 14, em rápido contra-ataque do time mato-grossense, a defesa alviverde falhou e Escudero aproveitou para driblar Wilson e cruzar na medida para Júnior Todinho empatar.

Satisfeito com o empate, o time mato-grossense passou a segurar o jogo para garantir o ponto, diante de um Coritiba que não conseguia recuperar a intensidade e, aos poucos, foi tirando a paciência da torcida.

Só que o time da casa tem o artilheiro para resolver. Quando tudo caminhava para mais um jogo sem vitória, aos 35 minutos, Diogo cobrou falta na área e Rodrigão cabeceou no fundo das redes do goleiro Victor Souza, decretando a vitória alviverde, que por pouco não se perdeu, aos 48, em cabeceio de Douglas Mendes que passou raspando a trave de Wilson.


As informações são da Banda B

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede