Ypiranga de Palmeira é campeão do Amador de PG

Esporte

10 de junho de 2019 14:16

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Jogos da Primavera tem novas modalidades esportivas

Athletico e Inter se classificam nos pênaltis

AMCG Esportes premia melhores da Copa

Operário rescinde contrato com meio-campista 'Xuxa'
Copa Nosso Campinho inicia a 2ª fase no Los Angeles
Copa do Brasil define hoje os quatro semifinalistas
Telêmaco Borba recebe etapa decisiva do Estadual de vôlei
PUBLICIDADE

Equipe de Palmeira ganhou o título domingo, no Miró de Freitas, enfrentando o América Pontagrossense

O técnico Júlio César Vida (Duio) e o goleiro Paulomar Pilatti Junior, do Ypiranga Futebol Clube, estiveram na manhã desta segunda-feira (10) nos estúdios da Rádio Ipiranga e falaram sobre a conquista do título do Campeonato Amador da Liga de Futebol de Ponta Grossa.
O campeão foi definido domingo (09) no Estádio Miró de Freitas, em Ponta Grossa com a vitória do Alvirrubro de Palmeira em cima do América Pontagrossense Futebol Clube. O jogo terminou empatado no tempo regulamentar em 2 a 2 e foi decidido nos pênaltis por 4 a 3, com duas defesas do goleiro Paulo.
Após o empate em 1 a 1 no jogo de ida, América e Ypiranga estavam motivados para conquistar o título do Amador de Ponta Grossa. O time da casa contou com o apoio da torcida em busca do bicampeonato. Já a equipe Ypiranguista entrou em campo com um histórico favorável na competição, sendo a melhor defesa do torneio e tendo vencido o adversário na fase de grupos por 4 a 1.
A final entre América e Ypiranga era prevista pelos torcedores desde o início do campeonato, já que as duas equipes eram vistas como favoritas ao título, pelo futebol apresentado durante o certame.
Em um ritmo acelerado, o América abriu o placar aos 6 minutos da partida com uma cobrança da falta de fora da área de Biro que colocou a bola na gaveta do gol.
O gol no início da partida mexeu com as emoções dos jogadores do Ypiranga que avançaram na marcação em busca do empate. O jogo seguiu em ritmo ofensivo, com as duas equipes criando oportunidades. Aos 13 minutos o árbitro marcou pênalti após toque de mão dentro da área. Na cobrança, Gille bateu sem precisão e Guilherme foi colocado na bola para fazer a defesa, evitando o empate.
Após os primeiros 20 minutos, as duas equipes apertaram a marcação, resultando em entradas duras, faltas e cartões amarelos. Ao longo do primeiro tempo, as principais oportunidades se vieram de cobranças de falta e lançamentos aéreos.
Nas emoções finais do primeiro tempo, aos 47 minutos Wilson ganhou na individualidade, limpou a marcação e chutou com efeito no ângulo do goleiro Guilherme para empatar a partida: Ypiranga 1 a 1 América.
As duas equipes voltaram para o segundo tempo em menor intensidade que na etapa inicial, procurando cadenciar as jogadas em busca do desempate.  As chances que apareceram não foram concluídas com precisão, com defesas seguras dos goleiros e outras oportunidades interceptadas pelas zagas. Passado dos 15 minutos da etapa complementar, o embate voltou a tomar rumos agitados, com ânimos alterados e jogo paralisado por faltas.
O empate persistiu no placar quando o jogo chegou a sua reta final.  Os dois times mantiveram a marcação atenta e precisa nos desarmes. Aos 33 minutos a bola sobrou para Ivan, que não titubeou e acertou em cheio para balançar as redes, fazendo a festa da torcida no Miró de Freitas: América 2 a 1 Ypiranga. O gol elevou o ritmo do jogo na reta final, forçando o time de Palmeira a jogar contra o relógio.
Quando tudo parecia encaminhado para o bicampeonato do América, aos 40 minutos, Marineu acertou um chute cruzado e empatou a partida para o Ypiranga, colocando a equipe na disputa novamente.
Na sequência, após desentendimento entre os jogadores, o camisa 10 Rodrigo, do América, foi expulso.
Assim, um cenário emocionante se desenhou nos minutos finais da disputa.
Após três minutos de acréscimos, Sideval Pinheiro apitou pela última vez e decretou o fim do tempo regulamentar. A disputa do Campeonato Amador de Ponta Grossa foi para os pênaltis.
Nas penalidades máximas, o goleiro Paulo brilhou com duas defesas e o Ypiranga venceu por 4 a 3, conquistando o Campeonato Amador de Ponta Grossa 2019. As cobranças convertidas foram de Graxa, Vinicius,  Guinho e Elizeu (Ypiranga); Wilson, Di Maria e Neymarzinho (América).

Com informações do Site Rico ao Pobre/Rádio Ipiranga de Palmeira

Fotos: Danilo Wiedermann

 

PUBLICIDADE

Recomendados

IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede