Dono do PSG exige compromisso total de Neymar

Esporte

17 de junho de 2019 15:38

Banda B


Relacionadas

Encerrou no fim de semana o Campeonato de Futsal de Piraí

Fla e Grêmio duelam por final da Libertadores nesta quarta

Motoboy de PG é campeão paranaense de muay thai

Time de PG é vice-campeão paranaense de futsal Sub-11
Ponta Grossa absoluta no basquetebol dos 62º JAPs
Operário vende 300 ingressos para clássico com o Coxa
Brasil conquista sete medalhas no terceiro dia dos JMM
Em entrevista à revista France Football publicada nesta segunda-feira (17), o mandatário mandou uma mensagem clara para o grupo de jogadores Foto: Divulgação/PSG
PUBLICIDADE

As declarações de Nasser Al Khelaifi são um desabafo pela falta de conquistas da equipe. Sobre um possível descontentamento de Neymar, o dirigente também foi claro: “Ninguém obrigou a assinar com o PSG”


Após mais uma temporada de altos investimentos e apenas um título, do Campeonato francês, o presidente do Paris Saint-Germain, o xeque catariano Nasser Al Khelaifi, perdeu a paciência.

Em entrevista à revista France Football publicada nesta segunda-feira (17), o mandatário mandou uma mensagem clara para o grupo de jogadores dizendo que não vai mais aceitar o comportamento de popstars e cobrou mais comprometimento com a equipe. Sobre as especulações do possível descontentamento de Neymar no clube, o dirigente também foi claro: “Ninguém obrigou Neymar a assinar com o PSG”.

“É claro que há contratos a serem respeitados (Neymar assinou com o clube francês até 2022), mas a prioridade agora é o compromisso total com o nosso projeto. Ninguém obrigou Neymar a assinar com o PSG. Ninguém o forçou. Ele veio conscientemente para participar no nosso projeto”, afirmou.

As declarações de Nasser Al Khelaifi são um desabafo pela falta de conquistas da equipe. Este ano, além de mais uma amarga eliminação nas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa, após vencer o Manchester United na Inglaterra e perder em casa, a equipe também fracassou na Copa da Liga Francesa, perdendo para o modesto Guingamp, e foi vice-campeã da Copa da França, sendo derrotada pelo Rennes na decisão.

A única exceção parece ser Mbappé. Apesar de muito cobiçado por gigantes da Europa, o atacante é visto como peça fundamental para o futuro do time. “Estou 200% certo que o Mbappé vai continuar no PSG na próxima temporada”, assegurou Khelaifi.


Informações da Banda B

PUBLICIDADE

Recomendados

IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede