Em casa, Londrina fica só no empate com o Criciúma

Esporte

17 de agosto de 2019 08:33

Da Redação


Relacionadas

Batatinha visita e realiza sonho de torcedor operariano

FC Cascavel empata com Toledo e perde liderança

Batatinha marca e Operário vence o União pelo estadual

Enxadristas participam do Aberto de Carnaval em SP
Confira o álbum de fotos completo do 2º Cross Duathlon
Operário visita o União neste sábado pelo Estadual
Tubarões/MM conhece adversários da Copinha
Tubarão animou torcedores com gol olímpico, mas ficou no empate com o Criciúma Foto: Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube
PUBLICIDADE

Em partida muito movimentada no primeiro tempo, Tubarão deixa de retornar ao G-4 da Série B do Brasileirão

O Londrina recebeu o Criciúma no estádio do Café na noite desta sexta-feira (16), em jogo válido pela 16ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Apesar de atuar em casa, o Tubarão ficou apenas no empate por 1 a 1, deixando de retornar à zona que classifica para a Série A do Brasileirão. Higor Leite marcou um gol olímpico para os mandantes, enquanto Julimar deixou tudo igual para o Tigre.

Com o resultado, o Londrina chegou aos 25 pontos – um a menos do que a Ponte Preta, último time do G-4 – e ocupa a quinta colocação na tabela. O Criciúma, por sua vez, foi aos 17 pontos, ficando três acima da zona de rebaixamento e estacionando na 17ª posição.

O jogo

Londrina e Criciúma fizeram uma primeira etapa muito movimentada, com cada equipe saindo com um gol para o intervalo. Logo na primeira oportunidade, os donos da casa abriram o marcador. Higor Leite cobrou escanteio bem fechado, a bola acabou passando por todo mundo e entrou em um gol olímpico.

Atrás no placar, o Tigre passou a controlar mais a posse de bola e chegar com mais perigo. Aos 30 minutos, Marlon cruzou rasteiro e a bola cruzou toda a extensão da área, mas nenhum pé apareceu para empurrá-la para o fundo das redes. Já no fim da primeira metade de jogo, Julimar deixou tudo igual. O atacante recebeu boa bola na entrada da área, ajeitou o corpo e mandou no ângulo do goleiro Matheus Albino. Sem chances para o camisa 1.

O segundo tempo começou com o Criciúma mantendo o ritmo e tendo um domínio maior do jogo, apesar de não chegar com chances tão claras quanto as da etapa inicial. A primeira oportunidade aconteceu aos 15 minutos, quando Daniel Costa recebeu na marca do pênalti e mandou de primeira para o gol. Mas o capitão do Londrina, o volante Germano, apareceu para travar o chute. A resposta veio dois minutos depois.

Em contra-ataque, Alisson Safira recebeu pela esquerda, cortou para o meio e mandou um foguete, para o goleiro Luiz desviar para escanteio. Aos 38 minutos, a chance mais clara do segundo tempo. Em bola enfiada, Nathan Cachorrão tocou para tirar do goleiro, mas o lateral Marlon salvou o Tigre de sofrer o segundo gol. Sem que os ataques conseguissem estufar as redes novamente, a partida terminou em igualdade: 1 a 1.

Informações CBF.

-->
PUBLICIDADE

Recomendados