Guarani perde mais uma antes de encarar o Operário

Esporte

17 de agosto de 2019 08:38

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Athletico faz história e conquista o título da Copa do Brasil

Castro lança 32ª edição dos Jeca com novidades nas disputas

Voleibol de Telêmaco disputa fase final do Paranaense Série B

Telespectador vai acompanhar checagem do VAR no Brasileirão
Athletico PR e Internacional decidem Copa do Brasil
Cavali promove curso de arbitragem de Atletismo
Vôlei tibagiano é campeão na Liga Sul Norte
Fora de casa, Vila Nova bateu o Bugre por 2 a 0 e afunda o time na lanterna Foto: Celso de Menezes
PUBLICIDADE

Com a derrota, equipe de Campinas se mantém como lanterna da segunda divisão do Campeonato Brasileiro

O Vila Nova-GO visitou o lanterna Guarani-SP, em Campinas (SP), no estádio Brinco de Ouro. Com as duas equipes precisando da vitória para fugir do rebaixamento, foi o Tigre quem levou a melhor no confronto da parte de baixo da tabela da Série B do Campeonato Brasileiro. Robinho e Wesley Matos fizeram os gols do triunfo por 2 a 0.

Com o resultado, a equipe do Centro-Oeste chegou aos 18 pontos e, provisoriamente, ocupa a 14ª colocação. O Bugre, com apenas 13 pontos, permanece na última posição da segunda divisão.

O jogo

O primeiro tempo no Brinco de Ouro teve domínio dos donos da casa, mas foi o Vila Nova que foi para os vestiários em vantagem. Aos 12 minutos, o Guarani chegou com Bady. O camisa 10 recebeu bom passe de Ricardinho e finalizou, mas o goleiro Rafael Santos fez a defesa. No minuto seguinte, o Vila Nova inaugurou o marcador. Robinho recebeu com liberdade pela direita, avançou e bateu no cantinho do goleiro Klever, que nada pôde fazer: 1 a 0 para os visitantes.

O Bugre ainda voltou a assustar com Michel Douglas, de cabeça, aos 33, e Davó, aos 42, que obrigou Rafael Santos a fazer mais uma ótima intervenção. Mas o placar da etapa inicial terminou em vantagem para o Tigre.

Na volta do intervalo, o Guarani partiu para cima em busca do empate. Logo aos cinco minutos, Davó fez grande jogada e finalizou para uma grande defesa de Rafael Santos. No rebote, Bady chutou em cima do goleiro, que mandou para escanteio. Não demorou muito para o Vila Nova acordar e dar o troco. Aos nove, Bruno Mezenga recebeu dentro da área e bateu. A bola foi desviada, mas passou rente à trave do goleiro Klever.

Cinco minutos mais tarde, o camisa 1 do Bugre operou dois milagres seguidos. Robinho avançou pela esquerda e mandou uma pancada, para boa defesa do goleiro. No rebote, Alan Mineiro emendou da risca da pequena área, para nova intervenção, espalmando para escanteio. Na cobrança do corner, no entanto, o segundo gol do Tigre. Jeferson cobrou na cabeça de Wesley Matos, que foi mais alto do que todo mundo e testou para o fundo das redes. Após o gol, o Guarani até tentou buscar diminuir o placar no abafa. A última chance foi aos 42 minutos, quando Michel Douglas cabeceou, Magno desviou contra o próprio gol, mas Rafael Santos salvou o Vila.

Informações CBF.

PUBLICIDADE

Recomendados

IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede