Operário busca mais três pontos contra o Vitória-BA

Esporte

23 de agosto de 2019 09:39

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Clubes definem fórmula do Paranaense de 2020

Operário Sub-17 recebe o São-Joseense pelo estadual

Jogos das escolas particulares batem recorde de inscrições

Cuiabá bate o Guarani e volta a vencer na Série B
Internacional bate o Avaí e volta ao G6 da Série A
Santos vence o Ceará e mantém a terceira posição
Athletico-PR vence o Fluminense de virada por 2 a 1
Marcelo tem presença confirmada no jogo deste sábado, no Barradão, contra o Vitória-BA Foto: José Tramontin/OFEC
PUBLICIDADE

Time alvinegro viajou quinta-feira para a Bahia. A partida é válida pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B

Em busca de mais três pontos para se aproximar do G4, o Operário encara o Vitória neste sábado (24) em Salvador (BA), no Barradão. Com 24 pontos na tabela de classificação, o Fantasma hoje ocupa a 10ª posição, a cinco pontos do grupo que sobe para a Série A. A partida começa às 16h30 e é válida pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A equipe comandada por Gerson Gusmão vem embalada pelo triunfo em casa na última terça-feira (20) diante do Guarani no estádio Germano Krüger. Com gol de Clayton, o time superou até mesmo a expulsão de Lázaro para garantir os três pontos. O grande desafio da rodada será superar o fraco desempenho longe de Ponta Grossa da equipe alvinegra. Dos 24 pontos disputados fora de casa, o Fantasma conquistou apenas quatro, com uma vitória e um empate.

Já os baianos têm 18 pontos e vêm do empate em 0 a 0 com o América-MG. A equipe passou 11 rodadas na zona de rebaixamento, mas vem crescendo e está a três rodadas sem perder (duas vitórias e um empate). Hoje, o time ocupa a 14ª posição e só não está no Z4 pelos critérios de desempate. Por essa situação, Gersinho acredita que o Vitória tentará fazer valer o ‘fator casa’ nesta rodada.

“O Vitória tem a necessidade de ganhar o jogo, então sabemos que virá pra cima e vai tentar se impor em casa. Precisamos fazer uma partida boa e envolver o adversário quando a gente estiver com a bola. Queremos, principalmente, voltar para casa com o resultado positivo para continuar subindo na tabela de classificação”, garante o treinador alvinegro.

Para o jogo contra o Vitória, o treinador não contará com o goleiro Thiago Braga (em recuperação de cirurgia no tendão de Aquiles), os zagueiros Sosa (realizando tratamento para tromboembolismo pulmonar) e Lázaro (suspensão por cartão vermelho) e o meia Robinho (lesão no tornozelo direito).

Maratona preocupa baianos

A partir do duelo deste sábado, o Vitória terá quatro jogos em 11 dias – média de uma partida a cada 66 horas. Por isso, o treinador Carlos Amadeu já começou a poupar alguns jogadores e faz mistério sobre a escalação para o confronto contra o Operário. Em entrevista à imprensa baiana, Amadeu espera que o entrosamento do time aconteça durante as partidas. “Essa é a nossa realidade, temos que nos adaptar a ela. Qual o cenário ideal? Uma semana inteira de treino, para jogar uma vez por semana. Hoje, em 66h a gente tem que jogar de novo. Então o entrosamento vai ter que acontecer no próprio jogo. A gente vive disso nesse momento”, comentou ao portal Correio 24 Horas.

PUBLICIDADE

Recomendados

IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização
aRede aRede
aRede
aRede