Faixas na cidade aumentam pressão sobre Gersinho

Esporte

28 de julho de 2020 11:10

Da Redação


Relacionadas

Em jogo fraco, Operário faz 1 a 0 e volta a vencer

Operário tenta reabilitação contra o Sampaio Corrêa

Ponte Preta vence o Avaí e assume o topo da Série B

Cruzeiro bate Vitória na estreia de Ney Franco
Após derrota no clássico, Corinthians demite Tiago Nunes
Rangel formaliza doação do Germano Krüger ao Operário
Atlético-GO derrota Vasco de virada em São Januário
Várias faixas foram colocadas em pontos estratégicos da cidade Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Nas últimas horas, várias faixas foram colocadas em pontos estratégicos da cidade e na parte externa do Estádio Germano Krüger, pedindo a saído dele da Comissão Técnica do time.

A desclassificação para a terceira fase da Copa do Brasil e a recente derrota para o Cianorte, em casa, aumentam a pressão sobre o Grupo Gestor para a demissão do técnico Gerson Gusmão. Nas últimas horas, várias faixas foram colocadas em pontos estratégicos da cidade e na parte externa do Estádio Germano Krüger, pedindo a saído dele da Comissão Técnica do time.

O problema do Operário não é o técnico. Assim como Alvaro Goes, Paulo Balansin e outros integrantes do Grupo Gestor, Gerson Gusmão tem uma história de sucesso no time que precisa ser respeitada. É vitorioso e altamente capacitado. Não deve estar numa boa fase, o que é normal na carreira de qualquer profissional. O que precisa ser discutido é a apatia e falta de empenho de alguns jogadores. Futebol é entrega, raça, determinação e desejo de vencer. É preciso comprometimento e unidade pelos projetos da equipe. Será que não tem jogador inflamando a torcida para derrubar o técnico?

A hora é de apoiar a equipe. O esforço de todos poderá levar o Fantasma à Série A do Brasileirão. 

PUBLICIDADE

Recomendados