Operário perde em casa por 1X0 para o América (MG)

Esporte

21 de novembro de 2020 18:25

Fernando Rogala


Relacionadas

Operário toma gol no fim e deixa escapar a vitória

Fantasma volta a campo nesta noite contra o Avaí

NBPG/Instituto CCR viaja em busca de novo título estadual

Operário anuncia a dispensa de quatro jogadores
Palmeiras goleia Delfín e avança na Libertadores
Botafogo-SP e Juventude empatam em Ribeirão Preto
Cruzeiro supera América-MG na Série B por 2 a 1
O Operário tomou gol no início do primeiro tempo, tentou a reação, mas não conseguiu reverter a derrota Foto: André Jonsson/OFEC
PUBLICIDADE

Em partida disputada no estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa, o Fantasma foi superado pelo vice-líder, o América (MG), pelo placar de 1X0

A sequência de duas vitórias do Operário Ferroviário Esporte Clube (OFEC), na Série B do Brasileiro de Futebol, foi interrompida na tarde deste sábado (21). Em partida em casa, no Estádio Germano Krüger, o Fantasma de Oficinas não suportou a força do vice-líder América-MG e foi derrotado. O gol foi anotado por Léo Passos ainda no início do primeiro tempo. Com o resultado, o alvinegro fica com os mesmos 29 pontos e, no momento, antes do fim da 22ª rodada, ocupa a 9ª posição na tabela.


A partida

O jogo já começou com um grande baque para o time da casa. Ainda no comecinho do jogo, aos dois minutos, na saída de bola, Pedro Ken acabou perdendo a bola para o adversário. Léo Passos não perdeu a oportunidade e finalizou balançando a rede do goleiro Thiago Braga. Restou ao Operário tentar a reação, e o empate quase veio logo depois, aos cinco minutos, com uma cabeçada de Ricardo Bueno, que fez a bola passar perto do gol, por cima do travessão.

O Operário seguiu dominando a posse de bola no decorrer do primeiro tempo, mas após o gol, o América acirrou a marcação, dificultando o avanço do time da casa para a área. Aos 29 surgiu nova chance clara de gol para o Fantasma: após um escanteio, cobrado por Marcelo, Diego Cardoso cabeceia e a bola mais uma vez passa perto do gol defendido pelo goleiro Cavichioli. O Operário seguiu com posse de bola e tentando marcar, mas sem sucesso no primeiro tempo, que acabou aos 47.

Segundo tempo

Sem alterações, os times voltaram a campo para a segunda etapa. Porém, logo no início, o Operário passou a ter um jogador a menos em campo. O volante Pedro Ken ergueu muito o pé e acertou seu adversário, Juninho, na nuca. Expulso aos dois minutos do segundo tempo. Mesmo com um a menos, o Operário seguiu buscando jogo e pressionar o adversário, que seguiu fechando bem e reduzindo as oportunidades do time da casa.

Aos 18 minutos, a primeira substituição: o atacante Schumacher é colocado no lugar de Thomaz, e logo depois, outra substituição do Operário, saindo Diego Cardoso e entrando Jorge Jiménez. Vontade não faltou para o time da casa, que buscava furar o bloqueio do adversário e chegar com condições de finalizar com grandes chances, mais três alterações foram feitas, porém, o placar não saiu do zero para o Operário. Ainda aos 34, em um contra-ataque, Ademir fica de frente com Thiago Braga, que evitou o segundo gol do time mineiro. Aos 50 minutos, o árbitro apitou o fim de jogo no Germano Krüger.

 

Próxima rodada

A próxima partida do Operário está agendada para terça-feira (24), contra o CSA, no estádio Rei Pelé, às 19h15. Já o América (MG) irá encarar o Juventude em casa, no Independência, na mesma terça-feira, às 21h30.

PUBLICIDADE

Recomendados