Matheus Costa lamenta chances perdidas em empate no GK

Esporte

04 de dezembro de 2020 09:28

Da Redação


Relacionadas

Matheus supera Gersinho em aproveitamento de pontos

Costa destaca paciência e força coletiva na virada do Fantasma

Série B: CRB vence Guarani e não corre mais risco de cair

Atlético Mineiro e Bragantino empatam em 2 a 2
Série B: Ponte Preta e Cuiabá ficam no empate em Campinas
Operário atropela o Confiança na Arena Batistão
Operário duela com o Confiança nesta noite
Fantasma saiu na frente e o adversário empatou no fim da partida Foto: André Jonsson/OFEC
PUBLICIDADE

Técnico do Fantasma acredita que time poderia ter jogado melhor quando abriu 1 a 0 para ampliar o marcador e ficar tranquilo no jogo

O gol marcado pelo Avaí na reta final do confronto desta quinta-feira (3) contra o Operário Ferroviário, em pleno estádio Germano Krüger, foi um banho de água fria no torcedor que assistia à partida em casa. Isso porque o Fantasma tinha saído na frente e parecia ter a partida sob controle até os 43 minutos da segunda etapa. Para o técnico Matheus Costa, faltou o time ‘matar o jogo’ enquanto esteve superior no duelo.

 “Nós tivemos três chances claras e infelizmente acabamos perdendo a oportunidade de fazer 2 a 0. No futebol, às vezes, se você perde a oportunidade, vai ter momento que o adversário pode chegar no seu gol”, lamenta o treinador. O técnico alvinegro também acredita que faltou capricho para fazer o segundo gol e já projeta a próxima rodada. “Poderíamos ter jogado um pouquinho mais no momento em que a gente fez 1 a 0. Ficamos chateados, porque talvez tivemos oportunidade de fazer 2 a 0 e conquistar esses três pontos. Mas temos pouco tempo para lamentar, vamos pensar na partida em Campinas e procurar reconquistar três pontos fora de casa”.

O jogo

A primeira oportunidade do alvinegro na partida veio aos oito minutos, quando Jean Carlo, pela esquerda, chutou de fora da área e a bola passou por cima do gol. Aos 10 minutos, Thomaz puxou contra-ataque e acionou Ricardo Bueno, que finalizou perto do gol. No fim da etapa inicial, o atacante ainda arriscou chute da entrada da área e o goleiro saiu para fazer a defesa.

Já no início do segundo tempo, Sávio cruzou e Bueno cabeceou por cima do gol. O Operário abriu o placar aos 11 minutos, quando Rafael Chorão cobrou escanteio e Rafael Bonfim subiu para cabecear e balançar as redes. Aos 17 minutos, foi a vez de Diego Cardoso, na pequena área, bater para o gol. O goleiro defendeu e, na sobra, Chorão chutou perto da meta. Aos 28 minutos, Fabiano chegou pela esquerda e bateu de primeira, mas a bola foi pela linha de fundo. O adversário conseguiu o empate aos 43 minutos, com gol de Getúlio.

O Fantasma iniciou a partida com Thiago Braga, Sávio, Rafael Bonfim, Ricardo Silva, Fabiano, Leandro Vilela, Rafael Chorão, Jean Carlo, Thomaz, Diego Cardoso e Ricardo Bueno. Ainda no primeiro tempo, Jean Carlo sentiu o tornozelo e deu lugar a Lucas Batatinha. Na segunda etapa, entraram Reniê, Douglas Coutinho, Mazinho e Schumacher para saída de Diego Cardoso, Thomaz, Rafael Chorão e Ricardo Bueno.

Próximo jogo

O alvinegro volta a jogar pela Série B na terça-feira (8) contra o Guarani, às 16h30, no Estádio Brinco de Ouro. A equipe se reapresenta na sexta-feira à tarde, viaja no domingo e treina em Campinas na segunda-feira pela manhã.

PUBLICIDADE

Recomendados